Colaboradores - Thiago Michelasi

Maria Se Foi: Autor retrata luta contra violência infantil e de gênero em novo livro publicado

2 de Abril de 2024

M. J. Sousa  se inspirou em fatos reais para publicar obra que serve para auxiliar na luta contra abusos e violências familiares

Foto: Divulgação

Nos últimos anos temos dados passos importantes na luta contra a violência de gênero, infantil ou outros tipos de abusos que infelizmente são presenciados em nossa sociedade! 

É pensando nessa luta contra violência infantil e de gênero, que o autor M. J. Sousa publicou o livro “Maria Se Foi”.

Inspirado em fatos reais e na luta de mulheres próximas, o autor aborda em sua obra temas como abuso sexual infantil entre familiares, drogas, violência doméstica e submissão da mulher ao homem. Além de apresentar nos capítulos finais empoderamento da mulher e a superação de meios psicologicamente catastróficos.

Em primeira instância, devemos analisar que apesar de termos dado grandes passos em virtude de abolir esses grandes males, a sociedade ainda continua se negando a tratar deles com mais clareza, porque se analisarmos bem, os números em relação a esses temas são cada vez mais alarmantes. Além disso, essa foi uma forma de controlar os traumas que me assolavam noite e dias, e me impediam de progredir bravamente”, explica Manuel.

E bem aqui, eu devo confessar algo que poucas pessoas sabem, aliás somente 6 pessoas, inclusive ninguém da minha família sabe, mas que vejo essa como uma oportunidade para poder falar sobre isso, o tema abuso sexual infantil, nada mais é do que algo que aconteceu comigo, quando tinha entre sete ou oitos anos, quando um primo mais velho fez o que podia comigo, abusou de mim…eu não o odeio, e nem quero que isso seja motivo para os meus odiarem ele, apesar dele ter tirado algo que jamais será reposto, além do mais eu o perdoei, assim como Maria e os Filhos fizeram com aquele que quase destruiu suas vidas”, segue o autor.

Além de “Maria Se Foi”, Manuel também é autor de poesias e outras obras que tratam desse mesmo universo. A expectativa do escritor em falar sobre esse tema é conscientizar cada vez mais as pessoas sobre a luta contra esses tipos de crimes.

Eu almejo do fundo do meu coração, que Maria Se Foi adentre as casas dessa nação, levando não somente encorajamento, mas também uma luz para aquelas “Marias”, que infelizmente ainda vivem esse inferno pessoal, que adentre os corações severos que não vêem no outro algo valioso, que seja vivida a bravura de Maria, e a coragem de amba seja inspiração para combater os males que assolam tantas outras habitações mundo a fora”, explica.

Foto: Divulgação

Para adquirir “María se foi” basta acessar ao link: https://www.dragoeditorial.com/p/maria-se-foi-m-j-sousa

Inspirado por Harry Potter, M. J.Sousa  já planeja seus próximos lançamentos, incluindo histórias de ficção e também que envolvem o público LGBTQIA+.

Harry Potter realmente tem uma influência inquestionável no meu universo: porque meu próximo livro será Heitor Córdoba e o Grande Retorno, uma obra que vai narrar as aventuras de uma equipe de bruxos, que irão ultrapassar os muros impostos pela morte. Uma ficção com uma probabilidade de oito volumes, baseado literalmente no universo de HP. E por que não dizer aos fãs da série que já é hora de Dobby retornar? Além deste, também estou nos preparativos finais de meu primeiro romance para o público LGBTQI+ “Se Eu Me Apaixonar Pela Pessoa Errada, Você Me Salva?”, e também não posso me esquecer de “O Equilíbrio dos Vampiros” e muito menos de “Os Lobisomens de Várzea Comprida”, completa.

Comentários
Assista ao vídeo