Segunda-Feira | 27 de Novembro de 2017 | 16h41

Salão Duas Rodas 2017 foi o melhor da história

Estacionamento gratuito para 300 vagas de moto, lotava rápido. Mas ainda tinha todo 2º andar de estacionamento pago só para motos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto e fotos: André Garcia

Satisfação do público alcançou 91%

O evento sofreu uma repaginação completa, saindo do arcaico Anhembi para o “São Paulo Expo” com imprensa, expositores e, principalmente, visitantes notando não só a facilidade de chegar ao local, ter fácil acesso ao estacionamento seja para automóvel ou motocicleta, como andar poucos metros e já estar dentro da exposição com muita comodidade.

Além do conforto em andar pelos estandes, dado clima agradável, o visitante pode contar com uma área externa muito boa para tomar um ar, comer alguma coisa nos variados Food Truck´s ou ainda, realizar test ride nas motocicletas de alta cilindrada da Yamaha, Royal Enfield, Kawasaki e Honda, segundo o organizador, foram 17.600 testes realizados durante os seis dias de evento. Um detalhe interessante, para montar nos bólidos era necessário realizar teste no etilômetro, vulgo bafômetro. A organização não divulgou quantos testes deram negativo, mas este que vos escreve em conversa informal com as atendentes, constatou que na quarta-feira, segundo dia de testes, já havia dois visitantes que não puderam realizar a pilotagem.

Lançamento para 2018: Ducati Monster 797

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com 242 mil visitantes, 9.500 pessoas trabalhando diretamente,  400 empresas envolvidas, 500 motocicletas apresentados e o lançamento de 70 novos modelos, a 14ª edição do Salão Duas Rodas foi o melhor da história e se firma como o principal evento do segmento na América da Latina.

“A Reed Exhibitions Alcantara Machado termina essa edição, que foi a maior da história do Salão Duas Rodas, com a sensação de dever cumprido. Repaginamos o evento, trouxemos atrações inéditas e surpreendentes que encantaram a todos os visitantes. Criamos atrações para todas as tribos apaixonadas por motocicletas. Estamos em um momento de retomada do setor e o Salão Duas Rodas ajuda a impulsionar as vendas de motocicletas”, destacou Leandro Lara, diretor do Salão Duas Rodas.

Outro lançamento para 2018: BMW G 310 GS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BMW, Dafra, KTM, Ducati, Indian, Harley-Davidson, Haojue, Honda, Kawasaki, Kymco, Triumph, Royal Enfield, Suzuki, Vespa e Yamaha apresentaram suas novidades e receberam os milhares de visitantes em seus estandes. Todas trouxeram suas melhores motocicletas e motonetas, lançamentos exclusivos para o primeiro e segundo semestre de 2018 e uma série de atrações para o público como simuladores, apresentações musicais, convidados ilustres, como foi o caso de Ronaldo “Fenômeno” no estande da Yamaha e o ator Caio Castro no estande da Ducati.

O público consumidor das marcas premium se sentiu prestigiado e voltou ao evento elevando ainda mais o índice de satisfação. “Nosso foco em encantar os visitantes, trouxe excelentes resultados para o mercado e as montadoras fizeram um espetáculo com lançamentos exclusivos e ativações de marca. Trabalhamos juntos com fabricantes do segmento para fazer um evento memorável e nossos visitantes saíram muito satisfeitos”, completou Lara.

Para segundo semetre de 2018, a Kawasaki apresentou a substituta da Ninja 300: a nova Ninja 400

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Nossas atividades tiveram ótimo fluxo todos os dias. Mais de 6.500 potenciais clientes fizeram cadastro em nosso estande e área externa”, disse Marcos Paulo Monteiro, gerente geral comercial da Honda. A marca lançou alguns modelos no evento, como a linha 2018 da Honda Biz, a GL 1800 GoldWing, a CBR 1000RR Fireblade e a inovadora X-ADV.

Caio Castro com Ducati Scrambler

Para Sônia Harue Ando, Gerente Comercial da Kawasaki: “O Salão Duas Rodas nos aproximou mais dos futuros clientes e podemos trocar experiências e expectativas com os nossos clientes atuais. O test ride foi uma estratégia muito positiva para nós e para os futuros clientes que puderam experimentar os produtos, entender o perfil de cada um deles e, o melhor de tudo, estar do nosso lado para compartilhar essa experiência, sua intenção e sua necessidade de compra”.

“Nós ficamos muito satisfeitos com os resultados do Salão Duas Rodas. Tivemos excelente receptividade dos lançamentos da linha 2018 e muitos negócios concretizados já no evento, tanto em venda de motocicletas como na loja da marca”, afirmou Paulo Brancaglion, gerente de marketing do Polaris, grupo a qual pertence a Indian Motorcycle.

Segundo Federico Álvarez, diretor geral da BMW Motorrad Brasil, o evento foi positivo para a montadora alemã: "Estamos muito felizes com a repercussão que a BMW Motorrad obteve nesta edição do Salão Duas Rodas. Superamos nossas expectativas. A BMW HP4 RACE, assim como os outros lançamentos da marca, e toda a nossa gama de motocicletas cativaram os brasileiros. E isso já se tornou uma tradição, pois a cada edição do Salão Duas Rodas, a BMW Motorrad surpreende o público com produtos altamente tecnológicos e inovadores".

Área de Mobilidade Urbana, onde a Yamaha realizou 2 mil testes drives em seus scooter´s Neo e NMax 160 ABS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Algumas montadoras tiveram um retorno muito grande do público como, por exemplo, a Yamaha, que teve 1300 pessoas passando pelo seu simulador que ao guidão da esportiva R1 de verdade, os participantes simularam como é pilotar a poderosa superesportiva numa pista de corrida. Além do sentido da audição, a sensação de realismo é ampliada graças ao novo sistema “Force Feedback”, que faz com que o piloto utilize o peso de seu corpo para a pilotagem virtual da motocicleta. Rodas girando, vento no rosto e todos os comandos funcionais – freios, acelerador, embreagem e câmbio – são apenas alguns dos detalhes que fazem dele o simulador de motovelocidade mais realista do mundo. O fabricante também realizou 2 mil test ride´s com suas scooter´s NMax 160 ABS e Neo na área de Mobilidade Urbana dentro da exposição, além das motos de alta cilindrada na área externa com outros fabricantes, como já mencionado. Realizou importantes lançamentos como a Crosser Z(trail de baixa cilindrada), a YZ450F e nova Fazer 250 ABS, que já testamos, click aqui.

Yamaha Crosser Z, agora mais off road

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para Hélio Ninomiya, Gerente de Marketing e Planejamento, “o objetivo da Yamaha era, mais que mostrar nossas motocicletas, oferecer aos visitantes de seu estande uma emocionante e inesquecível experiência. Com tudo isso que fizemos e apresentamos, acho que conseguimos atingir nosso objetivo”.

Teste de bafômetro era realizado antes de montar nas motocicletas para test ride em pista que simulava o uso on e off road

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O sucesso do Salão Duas Rodas é um termômetro para a tão sonhada retomada do mercado, já que segundo dados da  Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) foram produzidas 77.076 motocicletas em outubro, o que representa estabilidade com relação às 76.668 unidades fabricadas em setembro. Contudo, na comparação com outubro de 2016 (71.520) houve alta de 7,8%.

Triumph apresentou a nova Tiger 800 que chega no Brasil em 2018. E foi um dos estandes mais concorridos devido ao show cover dos Beatles

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Eduardo Gonçalves, diretor executivo da Abraciclo, destacou a mudança de local como uma das melhorias do evento: “Os visitantes encontraram uma infraestrutura mais moderna e funcional, além da possibilidade de aproveitar melhor os atrativos oferecidos pelos expositores, tanto na área interna quanto na externa do pavilhão, que contou com diversas atrações”.

Era possível o visitante andar, por exemplo na Yamaha Super Ténéré 1200 DX. Combustível era fornecido pela Petrobras

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, o Salão Duas Rodas representa oportunidade para a apresentação dos mais recentes lançamentos das fabricantes de motocicletas e a realização de novos negócios: “Os associados investiram cerca de R$ 30 milhões em instalações, equipamentos e atrativos para que os visitantes pudessem ter uma excelente experiência".

Indian apresento novos produtos como a Scout Bobber e ainda foi considerado o estande com as mais belas mulheres de todo Salão Duas Rodas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Novidades como Arena de Customização com oficinas consagradas como Bendita Macchina, Shibuya Garage, Recar Motos e Jonnie Wash com diversos modelos para todos os bolsos, cativou muito o público. 

Atrações como “O muro”,  recebeu 3.610 pessoas, que acompanharam de perto as diversas exibições. Pela primeira vez no Brasil, o Wall of Challenge trouxe desafio onde três pilotos aceleraram em um ângulo de 90 graus em um espaço de nove metros de diâmetro, a poucos metros do público, que sentiu de perto o ronco dos motores.

Eu com Guga Dias que foi para Bolívia com a Kawasaki Versys 1000 ABS. Muitas histórias

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por fim, o sucesso foi total e há pequenos ajustes a se fazer para 2019, como a obrigatoriedade de equipamentos (jaqueta com proteções, luvas, calçado acima do tornozelo, calça com proteções) para pilotar motocicleta, durante o test ride, além do exigido capacete, bem como uma política de preços mais atrativo para o público nas refeições e bebidas, por exemplo uma lata de refrigerante era vendido a R$ 7 (sete reais), cerca de 50% mais caro ao preço praticado fora da São Paulo Expo.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.