Quinta-Feira | 20 de Março de 2014 | 8h30

O processo do restauro: o antes e depois de móveis clássicos

 

 

 

 

 

 

 

Que tal restaurar móveis de família, ou mesmo adquirir móveis de restauro? Para quem é fã de peças retrô com doses de nostalgia a inspiração que chegou a algumas estações permanece em alta no mercado de decoração. Cores fortes, mistura de tecidos, estampas marcantes marcam um ambiente cheio de personalidade.
A Bem Dito Canto, atelier de móveis de restauro, abriu seu atelier para mostrar aos clientes e interessados fotos do processo de restauro dos móveis, com fotos do antes e depois e detalhes marcantes. Móveis em madeira maciça, sofás e poltronas totalmente repaginados.
Andressa Bonn, Artista Plástica e sócia da Bem Dito Canto, dá algumas dicas para quem quer restaurar um móvel antigo. “Se a peça for em madeira nobre e estiver em bom estado, não aconselhamos a pintura da peça, pois a textura das madeiras nobres são muito bonitas com seus veios em evidência. Caso a madeira da peça esteja com aspecto não desejável, uma boa dica estilo "faça você mesmo" é a técnica chamada pátina, super conhecida. Sempre atual, pois confere ao móvel um aspecto envelhecido, porém esteticamente suave e agradável. Em qualquer restauro devemos respeitar as características da peça para não perder a originalidade”, comenta Andressa.
Na reforma de um móvel, é possível utilizar tintas, técnicas como a patina, patchwork, tecidos, papel contact, papel de parede, adesivos e outros. A criatividade conta muito na hora da reforma ou do restauro. É importante sempre respeitar as características da peça, seja na reforma ou no restauro. Lembrando que no restauro é importante respeitar a originalidade da peça.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.