Cultura - Música

Do Abbey Road ao Youtube

8 de Novembro de 2018

A grande dúvida de qualquer músico iniciante é como conseguir dinheiro e estabilidade por meio do seu talento. Com um mercado cada vez mais enxuto, casas de show fechando por dificuldades financeiras e a pirataria tirando o lucro de artistas, o “pulo do gato” é fugir do óbvio, se reinventar sem medo do desconhecido e, nesse sentido, a internet é uma janela que se abre para quem tem uma ideia na cabeça, uma câmera na mão e muita vontade de empreender. Este é o caso do multi-instrumentista Heitor Castro, 49 anos, que já vendeu mais de 160 mil dvd’s e fatura anualmente R$ 840 mil apenas ensinando pela internet, desde o bê-á-bá, até o nível mais avançado na teoria e na prática de violão, guitarra e outros instrumentos de corda.

- Por conta da flutuação do mercado de show e do entretenimento variar bastante quanto a demanda, ministrar aulas de música e instrumentos foi a alternativa que encontrei para conseguir a estabilidade financeira, algo que todo artista precisa e deseja. E a internet me deu a possibilidade de aumentar exponencialmente o alcance de minhas aulas – afirma Heitor.

 Porém, essa história de sucesso não começou há pouco tempo. Heitor aprendeu de forma autodidata a tocar violão aos 12 anos e não parou mais, sendo que atualmente ministra aulas de todos os instrumentos de corda, além de outros, como bateria. Estudou no GIT (Guitar Institute of Technology, escola de música em Hollywood, Los Angeles), graduando-se com “Honors” aos 25 anos de idade, marca que apenas 28 dos 630 alunos conseguiram. Além disso, gravou diversos CDs, um deles, com a orquestra de cordas de Londres e nomes de peso da MPB, como Zé Renato, Léo Gandelman e Nico Assumpção, no Abbey Road, estúdio onde bandas famosas, como Beatles e Pink Floyd, já gravaram.

 Após se aperfeiçoar em Música nos Estados Unidos, Heitor voltou ao Brasil e logo conseguiu 40 alunos. A partir daí, a demanda por suas aulas não parou de crescer, inclusive, no mesmo ano, teve que abrir uma escola física (antes as aulas eram dadas em sua própria casa), a Mais que Música, que atualmente possui quatro unidades no Rio de Janeiro e é líder no mercado, justamente, do que Heitor mais gosta: o ensino a distância em música, tanto pelo Youtube como através de dvd’s e do site da escola. Com alunos famosos, como Paola Oliveira, Daniel de Oliveira, Marjorie Estiano, Francisco Cuoco, Claudio Heirinch, Marcelo Bonfá e Caroline Abras, Heitor ganhou, em 2016, o Troféu JK na categoria “Personalidade Brasileira em Educação Digital”. Porém, o músico credita o grande sucesso ao fato de que começou o ensino a distância antes mesmo de abrir a primeira unidade da escola.

 - Eu sempre enviei lembretes para meus alunos sobre temas que eles gostavam através de vídeos por e-mail ou diretamente no Youtube. Em 2006, por exemplo, só era possível postar vídeo com, no máximo, dois minutos, o que dificultava bastante. É muito positivo, do meu ponto de vista, seja como professor ou como empresário, abrir uma nova unidade, pois simboliza de forma concreta um sonho realizado. Porém, a internet me levou a lugares nunca antes imaginados – relembra Heitor.

Assim, ainda neste mesmo 2006, antes da febre dos youtubers, Heitor criou seu próprio canal no Youtube, com título homônimo (Heitor Castro); e com a evolução técnica da internet e do Youtube, ele conseguiu fazer vídeos cada vez mais interessantes e didáticos para seu público, que por sinal, ele próprio grava, edita e publica de forma profissional na plataforma.

 - No meu caso, eu penso as 24 horas do dia sobre quais temas são relevantes para meu público e como fazê-los de forma interessante e que capte a atenção do internauta ansioso por aprender um novo instrumento – explica Heitor.

 Atualmente, o canal de Heitor Castro possui mais de 840 mil inscritos e é a principal fonte de quem deseja aprender violão e guitarra, principalmente o gênero fingerstyle, técnica que mistura acordes e melodias através das cordas do violão com a percussão feita na caixa do instrumento. E o sucesso não é apenas no Brasil, pois graças ao canal no Youtube, Heitor consegue vender suas aulas a distância para todos os países de língua Portuguesa, como Portugal, Moçambique e Angola. O próximo passo é muito claro para Heitor: chegar à marca de um milhão de inscritos. E pelo jeito que a banda toca, parece que não vai demorar muito.

 Canal do Heitor Castro: https://www.youtube.com/user/heitorcastro  

Comentários
Assista ao vídeo