Notícias - Motor

Triumph vence em duas categorias no “Selo Maior Valor de Revenda”

27 de Julho de 2018
Divulgação

Os modelos Triumph Tiger 800 e Triumph Street Twin foram eleitos as motocicletas com o maior valor de revenda em suas categorias (“Big Trail até 800 cc” e “Clássicas”, respectivamente) na terceira edição do “Selo Maior Valor de Revenda – Motos”, criado pela agência Autoinforme em parceria com a Textofinal de Comunicação. A pesquisa, feita juntamente com a Molicar, considerou 138 motos zero km mais vendidas, de 17 marcas, em 17 categorias, com base nas cotações de preços praticados no mercado entre março de 2017 e março de 2018. A Triumph Tiger 800 venceu em sua categoria pelo segundo ano consecutivo. Neste período de um ano, o modelo apresentou uma depreciação de 12,8%. Já a Street Twin, vitoriosa entre as clássicas, apresentou uma depreciação de apenas 11,8% no ano. Os números indicam para o consumidor que a compra das motocicletas Triumph é o melhor negócio do mercado nestes segmentos.

Além disso, outros dois modelos da Triumph ficaram muito bem posicionados no ranking do “Selo Maior Valor de Revenda – Motos”: a Tiger Explorer 1200 ocupou a segunda posição na categoria “Big Trail acima de 800 cc”, com depreciação de 13,5%, e a Bonneville T120, também obteve o segundo lugar na categoria “Clássicas”, com índice de 12,1%, perdendo somente para a Triumph Street Twin. “São vários fatores que explicam este bom desempenho da marca nesta premiação, como, por exemplo, o posicionamento correto dos preços de peças das motocicletas Triumph e também a agilidade da rede de Concessionárias para fornecer estes itens aos clientes”, explica Cláudio Peruche, gerente de Pós-Vendas da Triumph.

Lançada no Brasil em 2012, a Triumph vem conquistando diversas premiações do setor desde então. A marca já soma, com estas novas conquistas, 44 prêmios no País. Foi o quinto prêmio conquistado no Brasil por um modelo da nova família Bonneville de motocicletas clássicas da Triumph, introduzida no mercado nacional em 2016.
 

Comentários
Programa Compartilha Brasil