Cultura - Teatro

O Mágico de Oz - o Musical retoma temporada até final de julho

16 de Julho de 2018

Após passar por Buenos  Aires  e  Santiago do  Chile e ser visto por mais de 1 milhão e 500 mil pessoas desde a estreia em 2003, o musical  O Mágico de Oz segue temporada no Teatro Bradesco. Dezesseis anos depois da estreia, Billy Bond consegue surpreender nesta super produção ao acrescentar novidades ao espetáculo, reunindo recursos multimídia e uma orquestra, ao vivo, com nove músicos, sob a regência do maestro Rafel Righini.

Foto: Bianca Tatamiya

A superprodução musical tem realização da Black & RedProduções, adaptação de Billy Bond e Lilio Alonso, direção geral de dramaturgia de Billy Bond e Andrew Mettine, direção musical de Bond e Villa, direção de cena de Marcio Yacoff , coreografia de Ítalo Rodrigues e figurinos de Carlos Alberto Gardin. BillyBond, artista italiano considerado um dos mais talentosos diretores de musicais em atividade no Brasil, é responsável por produções como After de Luge, Rent, A Bela e A Fera, Les Miserables, O Beijo da Mulher Aranha, Pinocchio , Natal Mágico, Cinderella, Alice e Peter Pan, entre outras.

Com diálogos e músicas cantadas em português, criadas especialmente para esta versão, o espetáculo traz 22 canções, com destaque para Quero Ver o Arco-Íris, versão para Somewhere Over the Rainbow (E.Y. Harburg e Harold Arlen), em que a atriz Bia Jordão canta acompanhada pelo som do instrumento ukelelê.

A história, consagrada no filme estrelado por Judy Garland, conta o sonho de Dorothy que, acompanhada do cachorro Totó, deixa o sítio onde mora com os tios e viaja até o mundo de Oz. Uma terra mágica e distante, além do arco-íris. Lá, conhece personagens que exaltam qualidades como coragem (Leão), inteligência (Espantalho) e amor (Homem de Lata). Conhece também a Bruxa Má, que tenta impedir a volta para casa. O espetáculo é inspirado livremente na obra de Lyman Frank Baum, de 1900, criador de um dos mais populares livros escritos na literatura americana infantil.

Além dos efeitos especiais,  para o papel de Totó, um cão da raça Schnauzer, de 6 meses, foi adquirido especialmente para a montagem. Ele tem dividido boa parte do tempo entre os ensaios e a rotina da atriz Bia Jordão que dará vida a Dorothy. Ele dorme na casa da atriz, passeia, brinca e ainda tem peças de roupas dela para se sentir seguro durante a preparação das cenas ao lado do treinador de animais Gilberto Miranda, um dos principais fornecedores de bichos para filmes e comerciais no país. “Todo o elenco está encantado por Totó” - afirma, carinhosa, Andréa Oliveira, produtora do musical que, claro, ficará com o animalzinho de 6 meses após a temporada do espetáculo que acontece em julho.

Serviço

Dia 21, sábado, às 15h

Dia 22, domingo, às 11h30 e 15 h

Dias 28, sábado, às 15h

Dia 29, domingo, às 11h30 e 15h

Temporada: Sujeita à prorrogação

Teatro Bradesco: Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo

Classificação: Livre

 

 

Comentários
Programa Compartilha Brasil