Notícias - Motor

Produção de motocicletas cresce e consolida retomada da indústria

16 de Julho de 2018

As fabricantes de motocicletas produziram 494.684 unidades no primeiro semestre deste ano, o que representa um avanço de 16,7% sobre o mesmo período do ano passado (423.750 unidades). Para Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, os números registrados até o momento consolidam, definitivamente, a retomada da indústria de Duas Rodas.

“Fatores como ampliação da oferta de crédito e estabilidade dos índices macroeconômicos, além de uma maior participação do consórcio têm sido fundamentais para a evolução dos negócios”, comenta o presidente da entidade.

Com este cenário, a Abraciclo revisou para cima a projeção em relação ao volume de produção esperado para este ano, passando de 935 mil para 980 mil unidades, o que significa um crescimento de 11% em 2018. Pela previsão inicial a produção cresceria 5,9%.

Especificamente em junho, os volumes de produção das fabricantes, instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM), poderiam ter sido ainda maiores se não houvesse a greve dos caminhoneiros nas últimas semanas de maio.

“Este acontecimento contribuiu para o desabastecimento das fábricas e afetou diretamente a distribuição de motocicletas e o recebimento de insumos”, explica Fermanian. Os números levantados pela Abraciclo mostram que em junho a indústria de motocicletas produziu 50.118 unidades, recuo de 0,3% sobre o mesmo mês de 2017 (50.259) e de 48,1% na comparação com maio do presente ano (96.607).  

Comentários
Programa Compartilha Brasil