Informes - Kids e Teens

“Não Posso, Tenho Ensaio” Carreira e Adolescência – Conflitos e Dilemas

19 de Junho de 2018

Muito se discute sobre como conduzir uma carreira quando se está numa das fases mais turbulentas da vida – A Adolescência certamente é uma fase que os jovens buscam aceitação no convívio social e muitas vezes dedicar-se a uma carreira causa certo distanciamento desse convívio.

 

O adolescente que busca um objetivo no esporte, nas artes ou em qualquer outra carreira que exija dedicação e foco, fica inevitavelmente restrito ao grupo social ao qual é inserido, e não há mal nenhum nisso, e talvez por isso uma das frases mais usadas por eles tenha feito tanto sucesso entre os jovens em camisetas espalhadas por aí : “Não Posso, Tenho Ensaio”. Ensaios, treinos, jogos, apresentações, peças, gravações e afins são as principais razões pelos quais os nossos atletas, bailarinos, cantores e atores estejam ausentes das festas, resenhas, matinês, passeios e viagens.   

No inicio, quando tais atividades possuem apenas um cunho lúdico ou de entretenimento,
os amigos sempre estão por perto, mas quando a “coisa fica séria” fica difícil pra muitos conseguir entender sem censurar, apoiar sem apontar o dedo e até mesmo chegar ao tão fatídico bullying, afinal...

 - Porque você não pode faltar? É só um ensaio, todo mundo vai à festa...
- Campeonato no Sábado, a família toda vai viajar pra casa de praia do seu tio...
- Nossa porque escolher uma academia tão longe? Você não tem tempo pra fazer nada com a galera.
- Jogo no Domingo? A turma do colégio vai fazer aquele Churrasco!!

"Como eu amo muito o que eu faço, e sei  que preciso me dedicar muito para performar em alto nível, eu não me importo tanto com as festas perdidas... Claro que fico um pouco triste se for de alguém especial, mas meus amigos verdadeiros me entendem!" Diz Andressa Garcia, 13 anos, Atriz Mirim e Bailarina da Cia Jovem da Petite Danse.


Andressa Garcia - Bailarina da Cia Jovem Petite Danse

(look Ballethouse/Petipá)
Créditos: Carol Lancelloti - Canal Meia Ponta

E aí? Como administrar a rotina pesada de treinamentos, aulas, ensaios, cuidados com a alimentação, as audições, os nãos, quando seu time perde, os dias que a apresentação não foi boa ou quando a peça não transcorre como esperamos... São muitas possibilidades de dar errado, mas quando eles estão determinados, esses erros são etapas, degraus para os próximos sucessos.

Para a atriz Milena Melo de 15 anos, a opinião sobre a escolha da carreira também é natural abdicar de compromissos sociais:  "Escolhi a carreira de atriz sabendo que por muitas vezes iria deixar de acompanhar meus amigos em festas, passeios e encontros. Determinação, foco e estudo são essenciais para a realização do meu sonho. Não me arrependo, o resultado virá com o tempo."

Milena Melo, Atriz , Rico e Lázaro
créditos: Arquivo R7

“É um momento muito difícil na vida de qualquer adolescente que tem um sonho, no meu caso eu praticamente nasci jogando futebol, tenho 16 anos, e abro mão de muitas festas, momentos de lazer em família, compromisso particulares etc, tudo isso em busca deste sonho. Mas não fico triste por isso, penso que poderei usufruir de tudo isso após alcançar esse sonho. “ 
Na opinião de Leonardo Fabrício, 16 anos,  Atleta de Futebol do TROPS de Niterói.

Leonardo Fabrício - Atleta de Futebol do TROPS de Niterói

Créditos: Arquivo Pessoal

Em um universo onde tantos caminhos tortuosos são opções tão mais fáceis e menos “trabalhosas” de zelar pelos nossos adolescentes...  Se o canto, o futebol, a dança, o teatro, as dublagens, as gravações, o vôlei, a corrida, as artes marciais e todas as outras escolhas de carreira fazem parte das rotinas dos seus adolescentes, apóiem e deixem que sejam felizes!!

#carreira #adolescente #teen #ballet #futebol #conflitos #ensaio #treino #TV #cinema

 

Comentários
Programa Compartilha Brasil