Notícias -

Segurança proíbe comida a menino em shopping e vídeo gera revolta

12 de Junho de 2018

Um jovem foi impedido por um segurança de comprar comida para uma criança no Shopping da Bahia, em Salvador (BA), na última segunda-feira (11). A vítima postou um vídeo da ação, que superou a marca de 7 milhões de visualizações.

Pelas imagens, é possível perceber que Kaique Sofredine tenta comprar um almoço para o menino em um estabelecimento na praça de alimentação do shopping. Em seguida, um segurança aparece e diz que a criança não irá comer ali, sem dar justificativa. "Estou muito revoltado com isso", disse Sofredine.

"Fui pagar um almoço para uma criança e o segurança disse que ela não ia comer", contou. É possível ver pelas imagens que Sofredine tentou efetuar o pagamento da comida, mas é impedido quando o segurança "empurra" a criança e o jovem o protege.

"Foi uma longa discussão até chamar o supervisor e, por fim, deixar o menino comer no shopping". O jovem teve apoio de uma mulher que estava no mesmo local e gravou a ação.

Procurado pela reportagem do R7, o Shopping Bahia pediu desculpas pelo ocorrido. "A postura adotada não condiz com o treinamento recebido pelos funcionários, tanto que a atitude tomada pelo supervisor de segurança reforça o direito do cliente e o acolhimento com a criança".

O estabelecimento disse também que reforçam a operação em alinhamento com órgãos de defesa dos direitos humanos, como o Juizado de Menores e o Conselho Tutelar. "O empreendimento reforça ainda que, em seus 42 anos de história, sempre teve orgulho de manter uma relação de proximidade e respeito com seus clientes, valorizando a cultura e o povo da Bahia".

Fonte: R7 | Pedro Pannunzio | Plínio Aguiar

Comentários
Programa Compartilha Brasil