Cultura - Música

Projota lança Mayday

8 de Junho de 2018

A palavra conhecida internacionalmente como socorro foi escolhida por Projota para batizar seu mais novo rap. A letra faz uma crítica social e política bastante contundente sobre o atual momento de nossa sociedade. Single e clipe já estão disponíveis nos aplicativos de música e no canal do YouTube do artista (@ProjVEVO).

 Sobre o tema da canção, o rapper justifica a sua escolha: “Eu tento fazer a diferença com a minha música. Através dela eu consegui conquistar o meu espaço e conquistar as minhas coisas. Sinto que ter chegado até aqui foi uma falha do sistema. Eu sou um bug que deu certo”, pondera Projota.

 “Mayday” é a música de estreia de seu novo álbum. A capa do single tem um recorte de uma foto de Projota, em que se destacam um quadrado e uma elipse, figuras utilizadas para expressar pedido de socorro (“Mayday”) visualmente. A cor laranja também foi escolhida por ser usada para avisos de atenção e segurança.

 

O clipe foi gravado no novo estúdio do artista, em São Paulo. Para ele, foi um privilégio poder filmar “em casa”. “Me trouxe um sentimento bom e me remeteu aos meus trabalhos mais antigos, do início da minha carreira. Gosto de letras que passem uma mensagem, que contribuam de alguma forma. Para o meu novo álbum, preparei músicas mais nesse estilo”, diz Projota.

 Participação do Público

Para este trabalho, Projota abriu um canal com o público. Nele, as pessoas poderiam mandar bases para o rapper compor com a batida. A escolhida para “Mayday” foi a de Patrick Liaschi Marçal, mais conhecido como Jatobá. Patrick é produtor musical há 3 anos e é deficiente visual. Ele faz as batidas usando um programa no computador adaptado, que o auxilia na digitação.

 "O cara faz tudo! Toca instrumentos, produz e mixa o som. Eu senti que o projeto ia dar certo quando descobri que as batidas que deram origem à Mayday tinham sido feitas por um profissional tão talentoso. Um cara que trabalha da forma que pode mostrando superação e um dom natural", elogia o artista. Jatobá garante que contribuir para uma música do rapper é a realização de um sonho. "Escuto Projota desde o comecinho, sempre sonhei em fazer uma música para ele, que é uma referência para mim", diz ele.

 Ficha técnica:

Direção Musical: Projota (Estúdio Black and Yellow)

Direção Artística: Haroldo Tzirulnik

Direção Executiva: Lilian Teixeira

Direção de Vídeo: Rui Mendes e Cris Winter

Comentários
Programa Compartilha Brasil