Colunistas - Zacarias Pagnanelli

Magistrados se preparam para o 23º Congresso Brasileiro de Magistrados

24 de Maio de 2018
Jayme de Oliveira Neto (AMB) e Ney Alcântara (ALMAGIS) em coletiva de imprensa
Foto: Karina Lajusticia

Hoje, às 19h começa o maior evento da magistratura brasileira, que reunirá cerca de 1500 pessoas em Maceió (AL). Em coletiva de imprensa realizada ontem, o presidente da Associação dos Magistrados Brasieliros (AMB), Jayme de Oliveira Neto, falou sobre a expetativa para esse grande evento:

“A nossa expectativa, dado os expositores e as oficinas que teremos aqui, é muito boa e acreditamos que ao final do evento com certeza sairemos com boas perspectivas de mudanças da magistratura e para o país de maneira geral.”

Juiz titular da 13ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, Neto falou também sobre o tema do Congresso, denominado "A politização da justiça e a judicialização da política?". O tema foi escolhido pela comissão científica organizadora entre os difersos assuntos sugeridos pelos juízes de todo o país:

“A ideia de colocar em discussão esse assunto é justamente encontrar caminhos que traga a necessária harmonia e avanço das instituições. Cada poder tem que fazer o seu trabalho, e qualquer embate precisa ocorrer em um ambiente democrático e de uma maneira que o país avance e não retroceda.”

Participou também da coletiva o presidente da Associação Alagoana de Magistrados (ALMAGIS), juiz Ney Alcântara, que forneceu números interessantes sobre o significativo aumento da demanda do poder judiciário no Brasil:

“De 88 até hoje nós triplicamos as demandas judiciais, temos um número de demanda incompatível com o poder judiciário apesar de toda a evolução tecnológica. Na última estatística que eu vi, o juiz brasileiro, principalmente estadual, tem uma carga de trabalho superior a qualquer outro país"

O 23º Congresso Brasileiro de Magistrados vai até o dia 26 de maio, e contará com palestras enriquecedoras, como a “Segurança Institucional e Pública”, com a participação da procuradora-geral da república, Raquel Dodge, e “A Mídia e o Judiciário” com a palestra dos presidentes da RecordTV, Luiz Cláudio Costa, e da Rede TV!, Amilcare Dallevo Jr.

Comentários
Programa Compartilha Brasil