Cultura - Teatro

“João e o Pé de Feijão” reestreia no Teatro Folha

22 de Maio de 2018

A famosa história de “João e o Pé de Feijão” é contada em teatro de bonecos com iluminação ultravioleta. A técnica cria um efeito mágico em que os manipuladores não são vistos e os bonecos parecem ganhar vida própria. A montagem com direção de Sérgio Tastaldi reestreia no Teatro Folha dia 02 de junho e fica em cartaz até 29 de julho, aos sábados e domingos, 16h.

Foto: Isabela Savastano

João, diante da pobreza da sua família, é obrigado a vender sua vaquinha para comprar comida. Mas acaba trocando a vaca por feijões mágicos que germinam num pé de feijão que cresce até alcançar as nuvens.

Na sua dramaturgia, o espetáculo se apoia na delicadeza para transmitir conceitos de dignidade, coragem e justiça. “Para isso, estudamos diferentes versões da clássica história, optando por dar ao protagonista uma personalidade ingênua, ao mesmo tempo ousada, que se espelhasse na criança. Por isso o público infantil se identifica com o herói da trama em seus momentos de alegria, tristeza, medo, entusiasmo e coragem”, explica o diretor Sérgio Tastaldi.

O diretor optou pelo uso da iluminação ultravioleta porque produz efeitos emocionantes e mesmo intrigantes, em que  os manipuladores, vestidos de negro, não são vistos em cena, fazendo brilhar somente os bonecos num efeito mágico. “Essa magia é ainda reforçada por efeitos visuais que normalmente são utilizados em desenhos animados”, conta.

Comentários
Programa Compartilha Brasil