Cultura - Teatro

Jovens do Teatro Cidadão apresentam Paulicéia Desvairada

17 de Maio de 2018

Pauliceia Desvairada é uma comédia absurda e dinâmica, com cenas curtas que revelam prazeres e tragédias do dia a dia de uma das maiores cidades do mundo. E como esse corre-corre desenfreado afeta nossas vidas!

Foto: Lucas Gomes

Partindo do título da obra de Mario de Andrade, escrita em 1922, que revolucionou a semana de arte moderna e narrava as transformações da cidade no começo do século passado, o diretor Jorge Julião e os jovens querer mostrar as transformações atuais da cidade e de seus habitantes. E como o uso cada vez maior de recursos digitais vem distanciado mais ao invés de aproximar os cidadãos.

O espetáculo aborda temas e questões típicas de uma metrópole, como a alienação cultural, a virtualidade, o culto exagerado da beleza, a falta de amabilidade e de atenção para com o outro, a violência, o estresse, o corre corre, a disputa pelo emprego ou por uma vaga para estacionar o carro, permeado com humor e ironia. Mas também reflete uma visão poética e terna de São Paulo, como um lugar repleto de oportunidades, com uma vida cultural fantástica, no qual o amor pode surgir a qualquer momento em qualquer lugar. 

O espetáculo integra o Projeto Territórios da Imaginação: 15 anos de Resistencia da Commune, aprovado pela Lei de Fomento ao Teatro, em 2018.

As oficinas do Teatro Cidadão nasceram em 2005, no Ponto de Cultura da Commune, em parceria com o MinC e a Secretaria de Estado da Cultura, visando um trabalho integrado de formação de jovens aprendizes, através de Oficinas Artísticas e Técnicas, nas quais os jovens não apenas atuam, mas apreendem como se monta um espetáculo, criando figurinos, cenários, máscaras, luz, som, produção, divulgação, bilheteria, maquiagem, contra regragem, entre outras funções teatrais.

Comentários
Programa Compartilha Brasil