Colunistas - Rodolfo Bonventti

Moacyr Franco comandou uma das atrações de maior audiência da TV Globo

10 de Abril de 2018

Cantor, compositor, humorista, apresentador, roteirista, diretor e showman. Em mais de 50 anos de carreira, Moacyr Franco já passou por várias emissoras e em todas elas deixou sua marca de um dos grandes nomes da nossa programação televisiva.

Sua carreira na TV começou no início dos anos 60, na TV Excelsior, canal 9, com o seu “Programa Moacyr Franco”, que ficou no ar por quase quatro anos.

Depois do sucesso na Excelsior, Moacyr levou o seu “Moacyr Franco Show” para a TV Tupi em 1967, ficando lá por dois anos e depois chegou a TV Globo, em 1972, com um programa de variedades que misturava esquetes humorísticos com entrevistas e muitos números musicais.

Na TV Globo o programa tinha roteiro do próprio Moacyr Franco, de Mário Wilson e de Gilberto Garcia. Inicialmente ele era gravado nos estúdio da emissora no Rio de Janeiro, mas alguns meses depois, passou toda a sua produção para São Paulo, como o próprio Moacyr preferia.

Além de colorido, o “Moacyr Franco Show” ganhou em 1973 a direção de Mauricio Sherman que imprimiu a ele o padrão global de qualidade. A partir desse momento, o programa se transformou em um dos campeões de audiência da emissora.

Em sua melhor fase, Moacyr Franco cantava, dançava e abusava da sua verve humorística. Um verdadeiro show man e que sobe a direção de Ronaldo Bôscoli, era cercado por grandes atrações musicais.

Moacyr ficou com o programa no ar por cinco anos e as melhores audiências vieram quando ele passou a ser apresentando às segundas-feiras, a partir das 21 horas.

O programa saiu do ar pela TV Globo em 1977, depois de trocar de horário e fazer parte da “Quarta Nobre”, nesse período com o nome de “Moacyr TV”, mas continuou sua trajetória de sucesso passando depois pela TV Bandeirantes, onde foi apresentado de 1979 a 1981 e, posteriormente, no SBT onde ocupou o horário nobre de 1981 a 1983.

Hoje, já com bastante idade, Moacyr Franco prefere fazer humor e depois de muito anos no elenco fixo do humorístico “A Praça é Nossa” do SBT, foi desligado da emissora e tem participado esporadicamente de outros programas da nossa TV, mas deixou sua marca nos anos 70 e 80 como um dos mais importantes showman da nossa televisão.

 

Comentários
Programa Compartilha Brasil