Colunistas - Godi Júnior

Lula assistiu ao jogo do Corinthians na TV com liberação de Sérgio Moro

10 de Abril de 2018

O ex-presidente Lula assistiu pela TV a final do Campeonato Paulista 2018 entre Corinthians e Palmeiras neste último domingo. O ex-presidente foi autorizado pelo juiz federal Sérgio Moro a pedido da defesa.

O juiz liberou a instalação de uma televisão de sinal aberto na sala especial no último andar do prédio da Polícia Federal em Curitiba, terra da Lava Jato, onde o petista iniciou o cumprimento da pena de 12 anos e um mês de reclusão no processo triplex.

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
 

Segundo informações, Lula teria tentado negociar sua prisão para assistir à partida, mas como foi preso no sábado, pediu que seus advogados solicitassem que fosse instalado uma TV em sua cela, no domingo, para assistir à vitória do seu time de coração, o Corinthians.

Apesar de estar em outro estado (Paraná), a partida entre Atlético Paranaense e Coritiba, que foi realizada no mesmo horário do jogo entre os clubes paulistas, não pode ser transmitida para a emissora de TV aberta à qual Lula teve acesso (Rede Globo). Já que neste estado, a equipe do Atlético Paranaense não vendeu os direitos para a emissora e, com isso, os jogos do time não podem ser transmitidos.

Outros privilégios não serão liberados, diz Moro

O juiz Sérgio Moro fez questão se salientar que "nenhum outro privilégio foi concedido" ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além da sala onde ele cumpre pena, isolado dos demais presos, e um aparelho de televisão.

O comentário integra a ficha do petista, enviada à 12ª Vara Federal, para início do processo de execução penal.

Segundo Moro o ex-presidente não terá privilégios nas visitas. "aplicando-se o regime geral de visitas da carceragem da Polícia Federal, a fim de não inviabilizar o adequado funcionamento da repartição pública, também não se justificando novos privilégios em relação aos demais condenados".

Os demais presos podem receber a visita de familiares apenas uma vez por semana. Lula também tem direito a banho de sol diário de duas horas. 

Comentários
Programa Compartilha Brasil