Colunistas - Zacarias Pagnanelli

Falta de investimento prejudica Polícia Civil de São Paulo

28 de Fevereiro de 2018

A presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (SINDPESP), Dra. Raquel Kobashi Gallinati, participou ontem (27) da gravação do Programa Cartão de Visita, com a apresentadora Débora Santilli. Em entrevista, a delegada de polícia fala sobre carreira e os desafios enfrentados atualmente pela polícia civil.

Raquel Kobashi Gallinati e Débora Santilli no Programa Cartão de Visita
créditos: Marianna Oliveira

À frente do SINDPESP desde 2017, Dra. Raquel defende a importância da segurança pública como o pilar dos direitos sociais. Como operador de direito, o delegado de polícia é o primeiro a garantir os direitos individuais do cidadão.

Reconhecida como uma das melhores polícias do Brasil e da América Latina, a Polícia Civil do Estado de São Paulo enfrenta hoje muitas dificuldades em termos de investimento e estrutura, o que implica em um trabalho limitado dentro de suas potencialidades.

"Os políciais são vocacionados, são bem preparados, temos uma polícia de excelência, referência no Brasil inteiro, porém o governo não investe de forma adequada. Há um déficit de políciais, há uma falta de estrutura física e material, como por exemplo, armamentos, viaturas, até estrutura de prédio para que os políciais possam ali servir a sociedade", declara Dra. Raquel.

O impacto da falta de investimento e prioridade da segurança não atinge só os profissionais, mas a sociedade como um todo.

"Os políciais e a polícia civil são vítimas secundárias nesse processo de desmonte e sucateamento da segurança pública. A principal vítima é a sociedade que hoje está em completa insegurança", completa a delegada de polícia.

Na entrevista ao Programa Cartão de Visita, que vai ao ar no dia 10 de março às 23h30 na Record News, Dra. Raquel fala também sobre assuntos que estão em alta no momento, como a intervenção militar no Rio de Janeiro e a Operação Lava Jato.

Em visita aos estúdios da emissora, Dra. Raquel foi acompanhada pelo colunista Zacarias Pagnanelli e também pela Desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Ivana David. Ivana iniciou sua carreira como juíza substituta em Registro, interior de São Paulo, e já foi coordenadora no Departamento de Inquéritos Policiais (DIPO).

Raquel Kobashi Gallinati, Débora Santilli e Ivana David
Crédito: Bianca Oliveira
Raquel Kobashi Gallinati, Zacarias Pagnanelli e Ivana David
Crédito: Karina Lajusticia
Comentários
Programa Compartilha Brasil