Colunistas - Zacarias Pagnanelli

Livro memória registra a evolução da Justiça Federal em São Paulo

21 de Fevereiro de 2018

Em comemoração aos 50 anos da inauguração da Seção Judiciária de São Paulo, A Justiça Federal paulista lançou nesta segunda-feira (19) um livro memória que retrata a evolução da Justiça Federal desde a sua criação em 1890 até 2016.

Luciana Zanoni (vice-diretora do Foro da seção judiciária de SP), Zacarias Pagnanelli (Colunista do Cartão de Visita), Maria Cecília Marcondes (presidente do TRF 3), o juiz federal Paulo César Neves Júnior (diretor do Foro da seção judiciária de SP)  e Bruno César Lorencini (presidente da Ajufesp)

Foto: Bianca Oliveira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por meio de processos judiciais, o livro não somente fortalece a imagem da Justiça brasileira, como também serve como registro da história do país. O idealizador do projeto, juiz federal Paulo César Neves Jr. acredita também que o livro exercerá a função de democratizar o acesso às informações sobre a história da Justiça Federal.

“Minha alegria é acreditar que colaboramos para que um pouco da história da Justiça Federal do país e em especial em São Paulo ficasse registrada. Isso certamente será fonte de pesquisa, de informação, para muitos outros trabalhos”, declara o diretor do foro da Seção Judiciária de São Paulo.

O livro é fruto do trabalho realizado pelo Núcleo de Gestão Documental e Memória e pelo Núcleo de Comunicação Social que, juntos, levantaram, esquematizaram e registraram seus conhecimentos sobre os vários aspectos do patrimônio relativo à Seção Judiciária de São Paulo, sendo uma relevante contribuição à construção do conhecimento sobre o Poder Judiciário brasileiro.  

Acesse aqui o livro completo.

Comentários
Programa Compartilha Brasil