Sexta-Feira | 2 de Fevereiro de 2018 | 8h57

Mulheres e a Carreira após a gravidez

Foto: Divulgação 

Após a chegada de um filho muitas mulheres se colocam em dúvida sobre o retorno ou não ao mercado de trabalho. Durante a fase da licença maternidade é possível analisar alguns pontos que podem ajudar a definir seus próximos passos e evitar conflitos internos futuros.


Para a psicóloga e orientadora de carreira Adriana Vicco, o primeiro passo é estabelecer qual é o real significado que a carreira representa para a pessoa, assim como o quanto ela se sentirá feliz se resolver fazer uma transição de carreira ou mesmo interromper por um período sua atuação profissional. Quando se trata de trajetória profissional, Vicco estabeleceu algumas questões para ajudar a entender o perfil.

- Você é uma executiva e desenvolveu sua carreira em grandes empresas, sem horários fixos (entradas e saídas), com altos níveis de exigências em termos de resultados e prazos?
- Você tem uma empresa que depende integralmente de você para que continue a rodar?
- Você é uma profissional liberal que possui agenda flexível e trabalha em contratos específicos em projetos com prazos para terminar? Etc.

Todo o ser humano busca um caminho que encontre reconhecimento, e nesta questão de caminhos profissionais não existe o certo, ou o errado, são decisões que podem ou não ajudar na realização pessoal e profissional. Seja qual for o caminho que a mulher percorra, existem algumas perguntas que precisam ser feitas para que o processo de tomada de decisão aconteça de forma consciente.” Conclui a psicóloga. Para ajudar na volta ao mercado de trabalho e na tomada de decisão final, Adriana elencou algumas questões.

- Sua renda é imprescindível na composição financeira de sua casa? Ou existem outras entradas vindas do cônjuge que supririam suas necessidades?
- Eu me sinto realizada quando executo meu trabalho? Sinto que este é meu propósito de vida?
- Quais são os meus talentos e de que forma eu poderia oferecer isso ao mercado? Liste todas as opções além das que você já tem feito até o momento. Reflita sobre talentos “adormecidos” que não tem utilizado e como eles poderiam se tornar um novo negócio.
- Como administrará seu tempo ao voltar ao trabalho? Onde buscará apoio? Precisará dispender de qual valor para ter este apoio?
- Se eu der uma parada em minha carreira por 2 anos, por exemplo, qual seria o impacto em minha vida profissional? Conseguirei retomar de onde parei?

Estas são questões iniciais que precisam entrar na composição de seu planejamento pós filho. Depois de uma auto avaliação, provavelmente já existirão alguns caminhos esboçados, então é hora de transformar isso tudo em metas com detalhamento das ações, prazos a serem cumpridos, recursos financeiros, conhecimentos ou de ajuda de pessoas que precisará para que sua meta realmente aconteça.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.