Viver - Beleza

Qual o período ideal para plástica?

31 de Janeiro de 2018

Por: Ailthon Takishima

Ailthon Takishima
Arquivo pessoal

Para fazer plástica não existe especificações de cirurgia de verão ou de inverno, depende apenas da sua agenda pessoal.

No verão, a necessidade de usar menos roupas traz preocupação quanto à aparência do corpo. É comum neste período pensar em fazer cirurgia plástica para eliminar as gordurinhas indesejadas ou ainda remodelar o que incomoda. Mas geralmente é neste período que surge o dilema: será o verão a hora certa para fazer plástica?

As cirurgias plásticas de um modo geral exigem um cuidado em comum no pós-operatório: evitar a exposição solar. O risco dessa exposição é o aparecimento de manchas de pele e cicatrizes escurecidas.

Por isso, a necessidade de manter distância do sol é o primeiro ponto a favor do inverno. Nessa época, com os raios solares são tímidos, é mais fácil seguir as orientações médicas, e o paciente pode ficar mais livre durante o período de pós-operatório.

O calor é outro fator que depõe contra o verão. Nessa estação, algumas pessoas retêm mais líquido, levando a um inchaço natural do corpo. Assim, a combinação calor + cirurgia plástica pode levar a um edema (inchaço), também normal no pós-operatório cirúrgico, um pouco maior no clima mais quente, causando incômodo para a paciente.

O frio ainda torna o uso dos curativos e malhas cirúrgicas, necessárias após alguns procedimentos como lipoaspiração ou abdominoplastia, mais toleráveis. Além de esquentarem o corpo do paciente – o que seria desconfortável em meses de calor – elas são facilmente escondidas por roupas maiores e mais pesadas. Embora já existam no mercado malhas cirúrgicas com tramas especiais que não retém o calor.

Mas a principal vantagem que o inverno traz é, sem dúvida, a possibilidade de se preparar para o verão. Momento ideal para as pessoas procurarem as opções estéticas ou cirúrgicas para ficar mais confortável com o próprio corpo quando vão à praia, piscina e atividades que requerem trajes mais confortáveis. Porém, muitos acabam deixando o tratamento estético para a última hora, o que acaba por prejudicar a recuperação e o resultado eficaz.

Em geral, os tratamentos estéticos têm um tempo de duração ou número de sessões que devem ser programados um pouco antes do mês que antecede a viagem de férias. Tudo porque os raios ultravioleta em quantidade excessiva são prejudiciais para a pele, principalmente no pós-tratamento e pós-operatório e quando associado ao calor gerado pela luz solar pode trazer sequencias para a pele e organismo.

Os procedimentos cirúrgicos e estéticos podem e devem ser feitos no verão, há apenas a necessidade de programação para não coincidir com exposição da pele aos raios solares e cuidados especiais no que difere das outra estações do ano.

Segundo o cirurgião plástico, Dr. Ailthon Takishima, a época em que pacientes se submetem aos tratamentos estéticos é relativo. “Há uma programação pessoal ou escolha preferencial para quem gosta de frio ou calor. Se houver férias coletivas em dezembro na empresa onde o paciente trabalha, não importa se é verão, está é a melhor data para a cirurgia e pós-operatório”, explica.

Ao escolher o melhor período para a cirurgia, deve-se levar em conta a rotina escolar, o trabalho e até a vida familiar. Muitos acreditam que o inverno é melhor para a cirurgia porque não corre muito edema, mas no verão ingerimos mais líquido, a alimentação é mais leve e para contornar a questão de edema, temos a drenagem linfática, que facilita o fluxo dos líquidos.

Outro ponto favorável é que no verão saímos mais de casa, nos movimentando mais fisicamente, facilitando também a recuperação. Fazer plástica no verão tem muitos pontos positivos, assim como no inverno. Só não deixe para última hora!

CLÍNICA WOMAN – Médico Responsável – Ailthon Takishima

EndereçoR. Bento de Andrade, 40 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, 04503-000

FONE: 5575-7503 ou atendimento@clinicawoman.com.br

Comentários
Programa Compartilha Brasil