Colaboradores - Fabiano de Abreu

The Weeknd corta parceria com marca de roupas acusada de racismo

9 de Janeiro de 2018

O cantor The Weeknd se manifestou a respeito da polêmica envolvendo a marca de roupas H&M, gigante da moda internacional, que foi acusada de racismo depois de publicar um anúncio em seu site. O artista revelou que não quer mais de forma alguma seu nome atrelado à marca.

Na foto em questão, era possível ver um modelo infantil negro usando um casaco de moletom com a frase: “Coolest monkey in the jungle”, que quer dizer “O macaco mais legal da selva”, em português.

No twitter, o cantor escreveu. “Acordei nesta manhã chocado e envergonhado com esta foto. Eu estou profundamente ofendido e eu não vou mais trabalhar com a H&M”.

No começo do ano passado, o artista fez uma parceria com a empresa, como modelo e designer.

Comentários
Programa Compartilha Brasil