Quarta-Feira | 13 de Dezembro de 2017 | 13h22

Copeje entrega medalha Ministro Célio Silva ao presidente do TRE-SP

Desembargador Mário Devienne Ferraz é o primeiro presidente de um Tribunal Regional a receber honraria

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Colégio Permanente de Juristas da Justiça Eleitoral (Copeje) entregou, nesta terça-feira (12), a Medalha de Alta Distinção Ministro Célio Silva ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), desembargador Mário Devienne Ferraz.

A medalha foi concedida pelo presidente do Copeje, Telson Luís Cavalcante Ferreira, que saudou Devienne Ferraz pelo excelente trabalho em dois anos de mandato à frente do TRE-SP. "Com sua perseverança e competência, Vossa Excelência abrilhantou e capacitou inúmeros integrantes de tribunais Brasil afora, deixando um legado extraordinário", disse.

Criada em 2016, a medalha é a mais alta condecoração do Copeje, destinando-se a agraciar membros, em exercício ou não, que prestaram relevantes serviços à Justiça Eleitoral do país, além de autoridades que contribuíram para o reconhecimento do trabalho dos juristas nesse ramo do Poder Judiciário. Devienne Ferraz é o primeiro presidente de um Tribunal Regional Eleitoral a ser condecorado com a honraria, tendo recebido votos de todos os integrantes de TREs do País da classe jurista.

Além de Cavalcante Ferreira, representaram o Copeje na cerimônia, realizada no plenário do TRE-SP, o vice-presidente da entidade, André Guilherme Lemos Jorge, e o secretário-geral, Marcos Antonio Souto Maior Filho.

Em seu discurso de agradecimento, Devienne cumprimentou a classe dos juristas, "dado o importante papel que desempenham na administração da Justiça e a vivência e experiência que levam às Cortes Eleitorais". "Jamais esperei receber reconhecimento pelo meu trabalho, mas esta alta distinção, que atribuo à Justiça Eleitoral bandeirante pelos serviços prestados à comunidade, fortalece-me a seguir em frente lutando em prol da democracia", completou.

O Copeje é entidade representativa dos juristas que atuam ou atuaram como ministro do Tribunal Superior Eleitoral ou juiz de um dos 27 Tribunais Regionais. A comenda é produzida em metal nobre, com o nome e a logomarca oficial da entidade gravados em relevo.

A medalha leva o nome do ex-ministro Célio Silva, que integrou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na classe dos juristas. Especialista em direito eleitoral, ele atuou como membro substituto do TSE entre 1966 e 1969 e, após, foi nomeado como ministro efetivo, tendo ocupado o cargo até 1971. Exerceu, ainda, outros cargos públicos e faleceu em 27 de junho de 2016, aos 91 anos de idade. Ao homenageá-lo, o Copeje também prestigia Fernando Neves da Silva e Henrique Neves da Silva, filhos de Célio Silva e também ex-ministros do TSE como representantes dos juristas.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.