Notícias -

Ajufe organiza mobilização contra a Reforma da Previdência e pela valorização da magistratura

12 de Dezembro de 2017

Associação, em parceria com outras entidades, planeja grande ato para o dia 1º de fevereiro de 2018

No dia 1º de fevereiro de 2018, data que marca a abertura do ano judiciário, a Associação dos Juízes Federais do Brasil fará um ato de protesto contra a Reforma da Previdência e o projeto que criminaliza as prerrogativas dos advogados, e a favor da independência judicial. A mobilização foi definida nesta terça-feira (12) e terá apoio das entidades que compõem a Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas). 

Segundo o presidente da Ajufe, Roberto Veloso, o ato tem o objetivo de demonstrar a insatisfação com o andamento desses projetos no Congresso Nacional. “Esse grande ato é uma demonstração de que nós não estamos de acordo com o processo de retaliação contra os juízes federais e servidores públicos que está em marcha no Congresso Nacional”.

Além dos representantes da Frentas, participaram da reunião o vice-presidente da Ajufe na 1ª Região, André Prado, o vice-presidente na 2ª Região, Eduardo André Brandão, vice-presidente na 4ª Região, Nelson Alves, o secretário-geral, Fernando Mendes, o presidente da AJUFER, Leonardo Pauperio, o presidente da AJUFERJES, Fabrício Castro, o representante da AJUFEPI, Adonias Ribeiro, o juiz federal Victor Souza, os delegados da Ajufe no Pará, Ilan Presser, no Espírito Santo, Aylton Bonomo Júnior, no Ceará, Thiago Carvalho, e a delegada no Acre, Maria Cândida.

 

Comentários
Programa Compartilha Brasil