Sábado | 25 de Novembro de 2017 | 10h6

Conheça São Bento do Sapucaí: o coração da Toscana Brasileira

A Toscana ou Toscânia é uma região da Itália central com cerca de 3,7 milhões de habitantes e 22.997 km², cuja capital é Florença. Agora você sabia que no Brasil também temos a nossa Toscana? Isso mesmo, a Toscana Brasileira fica na região das montanhas da Serra da Mantiqueira e passa por três estados (São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro). O que poucas pessoas sabem é que o coração da nossa Toscana fica numa cidade muito charmosa e rica em cultura, belezas naturais e muito acolhedora, estamos falando de São Bento do Sapucaí-SP. Localizada a 185 km de São Paulo e 45 km de Campos do Jordão, São Bento do Sapucaí se destaca pela riqueza cultural e diversidade de atividades – trilhas, escaladas, cachoeiras e ateliers pra lá de interessantes.

 
 

Para quem pretende conhecer de perto esse paraíso, uma boa dica é ficar hospedado na Pousada do Quilombo. O local é incrível e literalmente inesquecível. Tanto faz se você irá com a família ou em casal, pois a pousada tem capacidade de atender todas as necessidades, idades e gostos. Com vista para as montanhas, a Pousada do Quilombo oferece duas piscinas ao ar livre, bilhar e quartos com varanda. O spa da pousada dispõe de banheira de hidromassagem, academia e sessões de massagem. Com lareira, varanda, cama king-size, TV via satélite e banheiro privativo, estas acomodações de luxo oferecem um ambiente aconchegante.

 

O buffet de café da manhã é servido diariamente na luxuosa área para refeições, que oferece vista para o jardim. O restaurante Trincheira & Trattoria oferece um menu internacional, vinhos e vista para São Bento do Sapucaí.

Como a nossa visita foi realizada durante a semana, fomos, particularmente, privilegiados em desfrutar de um verdadeiro banquete de comidas naturais e caseiras do Armazém São Bento. Pensa num lugar aconchegante e paradisíaco. Simplesmente, um café da manhã dos deuses preparado com muito carinho pela Vera Pena, uma produtora cultural que deixou a capital paulista para viver no paraíso chamado São Bento do Sapucaí.

 

Depois de relaxar e comer muito bem, foi hora de perder as calorias e bater perna pela região. E lugares pra isso não faltaram, já que são muitas trilhas para caminhadas e ciclismo e tirolesa para os mais corajosos. 

 

Como chegar na Pousada

A Pousada do Quilombo fica exatamente 1 km do bairro Quilombo e 1km do centro da cidade, e a 20 km da Pedra do Baú e a 40 km Campos do Jordão. Casais particularmente gostam da localização pelo clima romântico que existe. E para quem adora história, assim como eu, irá adorar conhecer o museu de 1932 que fica dentro da pousada. O lugar conta um pouco da Revolução Constitucionalista de 1932, também conhecida como Guerra Paulista. Isso porque neste lugar, pela proximidade com a divisa com o Estado de Minas Gerais, foi local de batalhas do movimento armado que ocorreu no Estado de SP entre 09 de julho e 02 de outubro de 1932, que tinha por objetivo derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas e a convocação da Assembléia Nacional Constituinte.

Saindo da pousada, partimos para conhecer as riquezas desse paraíso, desde as belezas naturais, até mesmo os ricos artesanatos e mosaicos de formas e cores. Venha conosco para essa viagem inesquecível.

O que conhecer

Pedra do Baú: um complexo rochoso composto pela Pedra do Baú, Bauzinho e Ana Chata. A Pedra do Baú é a principal formação, com quase 2 mil metros de altitude. O mirante é espetacular e de fácil acesso, é o principal cartão postal da cidade e passeio turístico para qualquer idade.

Pedra do Baú

Trilhas da Pedra do Baú: para os apaixonados por aventura, esse complexo da Pedra do Baú oferece inúmeras opções de trilhas, escaladas e rapel na rocha.

Outra opção para os mais aventureiros são as trilhas Ana Chata, que leva até o topo da Pedra do Baú. Nesse caso, exigem equipamentos de segurança e precisam ser realizados com uma empresa de ecoturismo que conheça bem o local, para garantir a sua segurança. Essa trilha tem um percurso de quase 4km, feitos em aproximadamente 2 horas de caminhadas por entre uma trilha estreita, passando por uma caverna até chegar à base da pedra. Já a trilha até o topo da Pedra do Baú tem nível difícil e um percurso de 4 km, feitos em cerca de 3 horas.

A região também conta com várias cachoeiras, destaque para queda do Toldi, dos Amores e do Tobogã, essas não podem ser deixadas de lado nessa viagem.

Se você é daqueles que viaja e leva a "magrela", então pode ficar tranquilo, pois o local conta com muitas trilhas para os adeptos do mountain bike.  São Bento do Sapucaí tem opções para pedaladas por estradas de terra e trilhas estreitas na área rural do vilarejo.

Um dos roteiros bacanas é a Volta do Serrano, que passa pela Cachoeira do Tobogã e o visual da Pedra da Balança. É um percurso difícil, com quase 16 km de trajeto, feitos em cerca de 2 horas. Uma outra rota de bike irada é a Trilha da Divisa. Com quase 20 km, o trajeto é muito difícil e pode levar até 3 horas. Há opções mais fáceis e ainda assim curtir o visual da Mantiqueira sem muito esforço, como o Circuito Light, com 7 km de extensão, feitos em até 1 hora.

Artesanatos

Já ouvir a expressão, ir a Roma e não conhecer o Papa ? Então, é a mesma coisa, se você for para São Bento do Sapucaí precisa conhecer o famoso Ditinho Joana. Ele é um artesão que simboliza toda a cultura popular desse lugar cinematográfico.  As obras desse artista são reconhecidas mundialmente. Agora você ainda não se convenceu e quer uma explicação real para conhecê-lo, que tal assistir essa verdadeira aula de cultura do povo sertanejo neste vídeo que fizemos especialmente.

As famosas botinhas de Ditinho Joana

Essa é a botinha de Ditinho Joana, uma marca do artista que faz suas esculturas a partir de troncos de madeira. Segundo ele: a  botinha representa a caminhada da vida. "Subi e desci. Andei depressa e devagar. Cansei e descansei. Entristeci e me alegrei e assim sempre caminhei. Hoje estou gasta e cheia de marcas, mas com certeza valeu a pena”, conta  Ditinho Joana.

Além de Ditinho Joana, vale a pena conhecer as obras feitas pela população local e que são comercializadas no bairro do Quilombo. 

 

Capelinha em mosaico

A capela de mosaico é uma atração à parte. Construída por artesão da vila, a capelinha atrai curiosos, romeiros e turistas. Vale a pena conhecer essa bela construção, colorida e abençoada.

Capelinha em mosaico
 

Há uma segunda igrejinha, menor e menos conservada, na estrada do Paiol, sentido Campos do Jordão, em direção à Pedra do Baú. Vale uma parada para foto. Os desenhos nas paredes do lado de fora valem a clique da máquina.

Agora se você procura uma igreja linda, precisa conhecer a Matriz de São Bento do Sapucaí.  O local é ponto de encontro de são-bendistas e turistas, a praça da igreja matriz  é palco das diversas festas populares que ocorrem ao longo do ano.

Matriz de São Bento do Sapucaí

As principais comemorações são as quermesses de junho; festival de inverno, em julho; o bloco de carnaval Zé Pereira e seus bonecos gigantes, que desfilam pelas ruas do centro quando há feriados do calendário católico.

Investimento para uma vida!

Depois de conhecer esse paraíso, que tal pensar em investir por aqui? Você sabia que São Bento do Sapucaí é a cidade que mais cresce no mercado imobiliário na Serra da Mantiqueira? Não é à toa, pois aqui o investimento tem retorno garantido... quer mais retorno do que viver num ambiente assim? Dentro do paraíso e ao lado de pessoas que sorriem com a alma? Aqui o seu investimento é para uma vida toda... portanto, venha investir no condomínio dentro da Pousada do Quilombo. Assista à entrevista com Martin von Simson, proprietário da pousada, e saiba mais como irá funcioar:

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.