Segunda-Feira | 13 de Novembro de 2017 | 17h55

Gaivotas, o texto de Jorge Andrade que trouxe suspense para o horário das 21h

O autor Jorge Andrade ficou conhecido por seus textos densos e que procuravam retratar todas as nuances do ser humano. Apesar de parecerem textos difíceis de serem transformados em novelas, o autor tinha uma facilidade muito grande em escrever pra a TV obras que agradavam a todos pelo suspense, pelo mistério e pelas perfeitas análises que ele fazia do comportamento humano.

 

Uma das últimas produções da TV Tupi, a novela “Gaivotas” é até hoje considerada como um dos melhores textos de Jorge Andrade para a TV. Estreou em 21 de maio de 1979, no horário das 21 horas, e ficou quase seis meses no ar com uma perfeita e sincronizada direção de Antonio Abujamra, Henrique Martins e Edson Braga.

 

A idéia central do autor foi se basear nos encontros que acontecem entre ex-alunos, alguns anos depois de formados. Em “Gaivotas”, um deles se torna milionário e resolve reunir os antigos companheiros do colégio, depois de 30 anos, para esclarecer a morte de uma professora pela qual ele chegou a ser acusado por todos.

 

É então nesse clima de total suspense que a história transcorre com a maior parte das locações acontecendo em uma mansão de uma fazenda no interior de São Paulo.

 

Para o sucesso da novela, além do ótimo texto que unia amor, ódio, vingança e suspense e da perfeita sintonia da direção, pudemos assistir a um trabalho de peso por parte do elenco com notáveis e premiadas interpretações, principalmente de Rubens de Falco, Cleyde Yáconis, Márcia Real e Laura Cardoso.

 

Rubens de Falco interpretava Daniel, o antigo jovem pobre que cursou o Colégio rico graças a uma bolsa de estudos e agora se transformava em um milionário que queria vingança por ter sido maltratado por todos. Já Márcia Real interpretava D. Idalina, a dona do colégio; Cleyde Yáconis era Lídia, uma mulher inconformada com a velhice e que dedidcava sua vida a cirurgias plásticas, e Laura Cardoso era a ambiciosa Verônica.

 

No grande elenco, que reuniu o que de melhor a TV Tupi tinha naquela época, brilharam também Yoná Magalhães como Maria Emília, a heroína rica de família tradicional; Altair Lima que vivia um agora frei dominicano; Paulo Goulart como um viúvo que conhecia muito bem a todos; Isabel Ribeiro vivia a solitária Angela; Geórgia Gomide era a confidente Débora; John Herbert como Henrique, o atual marido de Maria Emilia e Berta Zemel era Raquel, a administradora da fazenda e irmã de Daniel.

 

Apareceram também com destaque os atores Gésio Amadeu, Abrahão Farc, Wilson Fragoso, Elizabeth Gásper, Sonia Oiticica, Serafim Gonzales, Francisco Milani, Teresa Campos, Rogério Márcico, Selma Egrei, Paulo Castelli, Paulo Hesse, Cláudia Alencar, Haroldo Botta, Cristina Mullins, Edson Celulari, Antonio Leite, Deborah Seabra, Cuberos Neto, Leda Senise e Janete Pires.     

Foto 1 - A novela da TV Tupi foi um dos últimos sucessos da emissora.

Foto 2 - Escrita por Jorge Andrade a novela primou pelo texto e pelo suspense

Foto 3 - O elenco da novela reuniu grandes atores em trabalhos memoráveis

Foto 4 - Rubens de Falco e Yoná Magalhães defendiam os principais papéis

Foto 5 - Laura Cardoso, Yoná Magalhães, Sonia Oiticica e Berta Zemel

Foto 6 - Paulo Goulart e Isabel Ribeiro em papéis de destaque na novela

Foto 7 - Berta Zemel e Rubens de Falco viviam dois irmãos em "Gaivotas"
comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.