Quinta-Feira | 26 de Outubro de 2017 | 11h0

CURA PARA TODOS

Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De todos os anseios mais secretamente acalentados pela espécie humana, a liberdade é sem dúvida o mais precioso.

Liberdade para ir, liberdade para vir; liberdade para gostar, liberdade para não gostar; liberdade para escolher; liberdade para agir com indiferença, liberdade para opinar, liberdade para omitir-se.

Todavia, nem sempre os conceitos de liberdade são aceitos, e a essa não aceitação chamamos de intolerância.

E é justamente essa tal intolerância um dos males mais presentes no nosso cotidiano, basta que ocorra o menor resquício de contrariedade, de discordância e de posicionamento pessoal, daí toda uma construção de afeto e simpatia logo cai por terra, dando lugar ao enfrentamento e a ira.

O juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho em recente decisão, fundamentada pela Constituição Federal e pelo artigo 3° da resolução 001/99 do Conselho Federal de Psicologia, autorizou o tratamento terapêutico para aqueles que se encontram em conflito com sua sexualidade.

De tal tema criou-se uma discussão social, com mais fumaça do que fogo, pois a sentença proferida não foi de fato publicada de forma tão massiva quanto as criticas recebidas.

O titulo panfletário Juiz Autoriza Cura Gay, trazia no seu bojo um discurso inflamado contra a sentença prolatada, de tal forma que restava à sociedade uma demanda de respostas alimentadas por todos os lados exceto pelo de quem quer e busca ajuda.

Homossexualidade não é doença, isso é um ponto pacifico da mesma forma que amor também não é doença, porém quando mal resolvido pode torna-se um poço de doenças e sofrimentos inimagináveis, os psicólogos que o digam.

Estigmatizar aqueles que oferecem auxílio para quem busca ser feliz consigo mesmo, é tentar tirar do individuo o seu poder de escolha e determinação, e isso é ilegal, pois da mesma forma que o SUS oferece tratamento para aqueles que pretendem fazer a cirurgia de reversão sexual a busca pela felicidade no âmbito sexual, social e psicológico, também deve ser garantida e isso é constitucional.

Carl Gustav Jung, um dos principais expoentes da psicanalise da era moderna dizia que a homossexualidade era uma anomalia junto com outras doenças e processos degenerativos, todavia não influenciava a posição do individuo na sociedade, isso entre 1908 e 1920.

Não podemos esquecer também que, naquela época o Direito Penal Alemão no seu artigo 175 classificava a homossexualidade como crime.

Hoje porem e felizmente é estabelecido que a homossexualidade não é crime e nem doença, o grande maleficio social sempre foi e sempre será   a intolerância e isso de ambos os lados.

E o que ambos os lados precisam entender é que, o ser humano não é uma caixa pronta, ele questiona, pesquisa, duvida, influencia e também é influenciado, ele é constitucionalmente livre, mas também é responsável, quer seja nas suas relações, nas suas decisões e nas suas opiniões.

Afinal muito antes da psicanalise, da psicologia e do direito uma coisa é certa, felicidade bem tratada permanece, felicidade mal tratada vai embora.

(FONTE: Robert Hopke; Jung, Junguianos e a Homossexualidade)

Colaboração: Dr. Ismael da Costa Barbosa, Advogado Especialista em Criminal.

comentar

últimos comentarios
A humanidade precisa realmente resgatar o estado de felicidade. O apego exacerbado aos conceitos individuais engessados vêm tornando o indivíduo, dito \"ser humano\", mais egoísta e, consequentemente, mais intolerante. Se cada um, como bem dissestes, tratasse da própria felicidade com tratamento mais poderoso do universo, o amor, a humanidade já teria dado um gigantesco passo na evolução. Mas, o mundo anda inversamente proporcional, quanto mais mídias, que permitem mais acesso às informações e maior interação nas comunicações, mais ignorância e falta de humanidade. Hoje, se humanizam mais os animais que as pessoas... as Pets agredecem... De qq forma, façamos nossa parte, nos amando acima de tudo para termos as condições necessárias para amar o próximo. PARABÉNS PELO BELO TEXTO!!!

Por: Helio

De: Florianópolis Data e hora: 02/11/2017 - 07:51:12

Alguns anos a homossexualidade era tratada como distúrbio mental, mas com a falta desta comprovação não foi possível afirmar ser uma doença mental. Na minha opinião as pessoas ficam doentes por ser maltratado e discriminado.Por isso precisava de ajuda de um especialista.

Por: Katia Regina Marques de Alneida

De: São Paulo Data e hora: 29/10/2017 - 17:16:47

De fato quem redigiu esse texto o fez de forma brilhante é bem isso mesmo. Hoje em dia é muito mimimi as pessoas nem leem sobre as notícias não procuram nem um tipo de informação pautada na racionalidade, simplesmente propagam o que veem em internet sem se preocupar se é verdade ou não

Por: Cristiano

De: São Paulo Data e hora: 29/10/2017 - 13:35:51

Na minha humilde opinião cada um tem seu livre arbítrio e total independência no que quer que seja e claro que será responsáveis pelos seus atos e decisões, então vamos respeitar, tolerar e aceitar sim, pois temos nossas decisões, erros , acertos , pois somos seres humanos e a questão do homossexualismo não enxergo como uma doença jamais. Dr Ismael, parabéns pela matéria

Por: Elias L. Basto

De: Guarujá Data e hora: 29/10/2017 - 00:12:05

Parabéns pela matéria, muito claro sua ideia de liberdade em todos os conceitos, maneira muito precisa para explicar e mostrar para sociedade no geral, como queremos que o mundo seja. Independe de qualquer situação.

Por: José Cloves de souza

De: Guarulhos-sp Data e hora: 28/10/2017 - 21:43:59

Parabéns pela matéria! muito ampla discussão envolve direito personalissimo poder ir e vir más vivemos em uma falsa liberdade falsa democracia falso moralismo! temos esses \"direitos\" cerceados. A realidade é outra!!

Por: Jucelia Matos Bulhoes

De: Salvador Bahia Data e hora: 28/10/2017 - 20:48:13

Muito bom o Artigo, sem a Liberdade em todos os Âmbitos da Sociedade não pode de maneira nenhuma ser Perdida ou Abafada! Tenho Liberdade de Escolha e isto tem q Prevalecer

Por: Reinaldo Francelino

De: São José dos Campos Data e hora: 28/10/2017 - 15:55:44

Parabéns pelo tema ???

Por: Alan Oliveira do Nascimento

De: São Paulo Data e hora: 28/10/2017 - 11:59:23

Assunto muito polêmico. Mas muito esclarecedor. Cheio de dados importantes. Vale a pena meditar nesse assunto. Obrigado.

Por: Sidney

De: Araçatuba SP Data e hora: 28/10/2017 - 11:38:19