Quarta-Feira | 18 de Outubro de 2017 | 21h51

A cantora e atriz Renata Peron homenageia Clara Nunes

 

no projeto Canto Para As Estrelas, no 2 de novembro, na Casa Café Teatro, às 21h00, em São Paulo. 

 

Depois de quase cinco anos fora dos palcos como cantora, Renata Peron se apresenta na Casa Café Teatro para homenagear grandes divas da nossa MPB. A direção é de Rodrigo Ferraz e a supervisão artística é de Danilo Miniquelli.

 

 

Nos meses de setembro e outubro, com sucesso, a artista levou para o palco canções que fizeram sucesso na voz de Maria Bethânia e Elis Regina, respectivamente. No dia 2 de novembro será a vez de homenagear Clara Nunes.

 

No projeto Canto Para As Estrelas a cantora fará ao todo seis shows que contemplam mulheres que têm importância fundamental dentro da história da música popular brasileira e serviram de inspiração para a sua carreira nos palcos e para a sua vida.

 

A temporada, que vai até fevereiro de 2018, em São Paulo, reverencia, além de Maria Bethânia, Elis Regina e Clara Nunes, as cantoras Gal Costa, Alcione e Elza Soares. O show acontece sempre nas primeiras quintas-feiras de cada mês.

 

 “Esse é um show de celebração às mulheres de grande expressão da nossa música. Mulheres fortes, emblemáticas e que se tornaram símbolos da nossa arte, cada uma ao seu estilo musical”, explica Renata Peron. “É um espetáculo para emocionar e entreter”, complementa.

 

Nascida na Paraíba, a cantora começou a sua carreira artística há 18 anos, cantando na cidade de Juazeiro na Bahia, local onde foi criada.

 

A sua grande paixão na música é a MPB e na sua trajetória ela traz influências de Alcione, Djavan, Caetano Veloso, Chico Buarque, Tom Jobim e Clara Nunes, dentre outros grandes nomes.

 

Militante LGBT, Renata é transexual, mora atualmente em São Paulo, é formada em Serviço Social pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e trabalha na SP Escola de Teatro.

 

¨Num país como o nosso, onde uma travesti ou uma transexual é sempre vista como objeto sexual e vive na marginalidade e prostituição, quando eu assumi aminha identidade de gênero feminina, essas cantoras foram inspirações para mim porque eu sempre fui artista e trabalhei com música. Essas mulheres me encorajaram a assumir a mulher que eu tinha dentro de mim. Cada uma tem uma importância histórica peculiar na minha vida pessoal, cada uma num momento da minha vida¨, destaca Renata. 

 

O talento da artista chamou a atenção do grande público no programa X Factor Brasil, reality da Band e no Qual é o seu Talento, do SBT, sendo semifinalista.

 

Entre os destaques da sua carreira, a gravação de um disco com composições de Noel Rosa, Peron conta e canta Noel Rosa, que se transformou em DVD. No total, possui quatro discos e um DVD gravados.

 

No teatro, já atuou em montagens como “As Criadas” e “Os Supra Anjos”, dirigidas por Welington Monteclaro, e “Pobre Super-Homem”, de Jean Mendonça.

 

 

Programação:

2/11 – Clara Nunes

7/12 – Alcione

4/01 – Gal Costa

1/02 – Elza Soares

 

Direção de Rodrigo Ferraz e a supervisão artística é de Danilo Miniquelli

 

SERVIÇO

“Canto Para As Estrelas”

No dia 2 de novembro, às 21h00, Renata Peron interpreta canções que ficaram famosas na voz de Clara Nunes

Onde: Casa Café Teatro (rua Treze de Maio, 176, Bela Vista– Tel: 11 3159-0546). 100 lugares.

Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia-entrada)

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.