Terça-Feira | 10 de Outubro de 2017 | 15h12

Ex-KLB, Kiko, gera polêmica ao se manifestar contra propaganda de sabão em pó

Kiko

Foto: Reprodução

 

ex-KLBKiko, acabou virando assunto na web nesta segunda-feira (09). O cantor se manifestou sobre a campanha de uma marca de sabão em pó, em que aborda um assunto que está em voga: a discussão de gênero

Kiko publicou em seu Instagram um longo manifesto contra a campanha. Após a reação negativa de seus seguidores, o post foi apagado. Ele teria se revoltado com um vídeo publicitário publicado nas redes sociais pela Omo, que incentivava pais a deixar de lado 'clichês de gênero' e permitir que meninos e meninas tenham acesso a brinquedos variados. 

Ele compartilhou o post junto com um longo texto, se referindo ao criadores da campanha como ''p*rra de anti-Cristos'' e ''imbecis'' e responsáveis por provocar uma ''guerra iminente'' ao ''forçar uma realidade que não existe''. Nos parágrafos seguintes, ele explica que 'gays', 'evangélicos' e 'católicos' não são culpados por ''essa demonização da atualidade'', mas sim a falta de regras. ''Temos a obrigação de respeitar a todos. Mas devemos exigir um país com regras''.

A reação de Kiko logo virou assunto nas redes sociais. Em geral, as pessoas ficaram confusas e não entenderam a real motivação do texto. Outros, no entanto, especularam sobre um possível oportunismo, já que ele foi candidato a deputado em 2012 - e não teve nenhum voto computado. 

No texto original, a marca de sabão em pó dizia: ''Omo convoca pais e mães a fazerem recall de todas as brincadeiras que reforcem clichês sobre gênero. Meninas podem, sim, se divertir com minicozinha ou minilavanderia, mas também podem ter acesso a brinquedos de lógica e dinossauros assustadores. E meninos podem trocar fraldas de bonecas e ter uma incrível coleção de panelinhas. Porque mais importante do que o brinquedo é a brincadeira''. 

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.