Colunistas - Leonardo Reis

Começa a National Football League nos EUA

26 de Setembro de 2017

NOVA YORK - Os estádios dos EUA estavam lotados, como sempre, para o início da NFL neste domingo. Mas o foco foi o desafio contra o presidente dos EUA, Donald Trump, já que alguns jogadores da NFL travaram os braços ou se ajoelharam durante o hino nacional, dizendo que estariam protestando contra o preconceito e injustiça social.

Jogadores do New England Patriots
Jim Rogash 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jogadores do Ravens
Matt Dunham  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tudo começou quando alguns jogadores protestaram durante o hino em agosto passado, quando, então, o quarterback do San Francisco 49ers, Colin Kaepernick, começou a protestar contra o tiroteio contra homens negros e desarmados pela polícia. 

Trump comentou sobre os os protestos ocorridos durante o hino dos jogadores como sendo um desrespeito ao país e aos que lutaram pela liberdade da nação, em uma manifestação de campanha para o senador republicano Luther Strange, última sexta-feira. No comício, Trump também irritou muitos da NFL, pedindo que os donos dos times demitissem qualquer "filho da puta" que "desrespeitasse nossa bandeira". Em resposta, os jogadores e alguns donos de suas equipes protestaram no domingo.

Jogadores do Cleveland Browns
Foto: Thomas J. Russo 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jogadores do Jaguars
Foto: Simon Cooper

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre o autor

Leonardo Reis é formado em Letras no Brasil, Jornalismo em Nova York, com Mestrado em Linguistica na Inglaterra. Reside em Nova York, onde trabalha como Professor Universitário e Jornalista Correspondente.

LeoReisNYC.com

 

 

Comentários
Programa Compartilha Brasil