Domingo | 17 de Setembro de 2017 | 23h3

Regina Duarte era Malu Mulher e a série discutia a emancipação feminina

 

Em 1979, o diretor Daniel Filho teve a idéia de adaptar para a televisão e para o núcleo de Séries Brasileiras, a história de uma mulher moderna, que recém-separada e com uma filha adolescente, pudesse representar a emancipação feminina na nossa sociedade.

 

Foi assim que nasceu “Malu Mulher”, uma das mais polêmicas e bem realizadas séries nacionais da TV Globo e que estreou em 24 de maio de 1979, com Regina Duarte vivendo uma socióloga paulista que atravessa uma crise no seu casamento de quase 15 anos com Pedro Henrique (personagem vivido por Denis Carvalho) e que tem uma filha de 12 anos, Elisa (interpretada por Narjara Turetta).

 

Divorciada, Malú passa a viver uma série de situações no dia a dia que discutiam, em cada uma dos mais de 70 episódios que a série exibiu, os problemas que uma mulher divorciada e com muita personalidade tem para conquistar o respeito na nossa sociedade.

 

Um papel que caiu muito bem para a atriz, que queria dar uma guinada, de uma vez por todas na sua carreira. Não se consegue imaginar uma outra atriz dando vida a decidida Malu que não Regina Duarte. Ao lado dela, Narjara Turetta e Denis Carvalho que também estavam perfeitos como a filha e grande companheira e o ex-marido com quem ela estava sempre às turras.

 

Uma equipe de roteiristas da pesada estava à frente das histórias semanais, entre eles Euclydes Marinho, Armando Costa, Renata Palottini e Lenita Plonczynski e a direção cabia a Daniel Filho e Paulo Afonso Grisolli.

 

Para construir a personagem de Malu, Daniel Filho e Regina Duarte foram buscar ajuda com professores e estudantes de Sociologia e uma pessoa ajudou muito nessa pesquisa, a ex-primeira dama do País, dona Ruth Cardoso, que além de socióloga, era na época muito amiga da atriz.

 

Malu Mulher” foi sucesso de público e maior ainda da crítica especializada em televisão, quem viu no projeto uma grande novidade em termos de dramaturgia e de seriados televisivos.

 

Mas a novidade acabou tendo vários problemas com a Censura Federal que chegou a proibir um episódio inteiro e propôs mudanças em vários outros. Mas os autores e diretores souberam driblar esses ataques da Censura e levar ao ar episódios que mexeram com a opinião pública e começaram uma ampla discussão sobre o novo papel da mulher na sociedade brasileira.

 

Além de um pequeno elenco fixo que tinha ainda a participação de Antonio Petrin, Sonia Guedes, Ricardo Petraglia e Vanda Lacerda, grandes atores fizeram participações especiais nos vários episódios da série que começou a ser exibida nas noites de quinta-feira e depois passou para as noites de segunda-feira.

 

Foto 1 - Malu Mulher estreou em 24 de maio de 1979

Foto 2 - Regina Duarte mudou radicalmente sua carreira na TV após viver Malu

Foto 3 - Denis Carvalho era Pedro Henrique, o ex-marido de Malu

Foto 4 - Regina Duarte era a mãe de Elisa, interpretada por Narjara Turetta

Foto 5 - A perfeita parceria entre Regina Duarte e Narjara Turetta na série global

Foto 6 - Cena de um dos episódios com a participação da atriz Ângela Leal

 

 

      

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.