Quinta-Feira | 24 de Agosto de 2017 | 11h4

Garota de Ipanema

Espetáculo "Garota de Ipanema, o musical da Bossa Nova" estreia dia 22 de setembro no Teatro Opus, recheado de canções que marcaram um dos movimentos mais importantes da música popular brasileira

Projeto da Aventura Entretenimento, com direção de Sergio Módena e direção musical de Délia Fischer, traz o ator Claudio Lins e grandes nomes da cena musical

 

Os acordes do violão da bossa nova são inconfundíveis. Um dos movimentos mais influentes da música popular brasileira, que revelou grandes nomes, como Vinícius de Moraes, Tom Jobim e João Gilberto, dá o ritmo ao musical "Garota de Ipanema, o musical da Bossa Nova", que estreia dia 22 de setembro no Teatro Opus, no shopping Villa Lobos, em São Paulo. Com adaptações da temporada do Rio de Janeiro, o espetáculo, apresentado pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros, tem narrações e imagens que representam toda a história da Bossa Nova e a sua importância para a nossa música.

 

Em cena, um elenco de 10 atores/cantores de primeira grandeza. Claudio Lins (atualmente no programa Popstar, da TV Globo, e com mais de 10 musicais no currículo, como "Elis, a musical" e "O Beijo no Asfalto"), se junta a Fabi Bang (Glinda - a Bruxa Boa do Sul, em "Wicked"), Myra Ruiz (Elphaba - a Bruxa Má do Oeste, em "Wicked"), Marcelo Varzea ("Cazuza para Sempre" e "Lei do Amor"), Nicola Lama (ator italiano, que atuou em "Nine, um musical Felliano"), entre outros, para traçar uma trajetória do estilo musical. O espetáculo conta ainda como protagonistas as atrizes Andrea Marquee ("Hair", "Rent" e "Cats"), Ariane Souza ("Show em Simonal") e Eduarda Fadini, do elenco da temporada carioca, além da participação de um coro.

 

O musical é dividido em quatro partes: Na primeira são abordadas as histórias e curiosidades sobre o nome 'Bossa Nova'; na segunda a origem do estilo musical, as influências do passado e como o cenário musical brasileiro propiciou o surgimento do movimento; o terceiro bloco trata dos costumes dos artistas da época e os locais onde se reuniam para criar; e o último mostra como a Bossa Nova ganhou o mundo.

Os artistas interpretam composições que ficaram na memória afetiva de toda uma geração, como 'Samba de uma nota só' (Tom Jobim e Newton Mendonça), 'Ela é carioca' (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), 'Samba da minha terra' (Dorival Caymmi), 'O Barquinho' (Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli), 'Chega de saudade' (Tom Jobim e

Vinícius de Moraes), 'Minha namorada' (Carlos Lyra e Vinícius de Moraes), 'Garota de Ipanema' (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), 'Samba de Verão' (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle), 'Mas que nada' (Jorge Ben), entre outras.

 

"Para a temporada em São Paulo, decidimos colocar a música à frente da ficção, como um musical show. Temos uma nova equipe criativa, mantendo a essência da bossa nova no espetáculo. E "Garota de Ipanema", que já foi executada em diversas línguas, é a música que melhor representa este gênero musical", conta Aniela Jordan, sócia da Aventura Entretenimento, ao lado de Fernando Campos, Luiz Calainho e Patrícia Telles.

 

Sobre a equipe criativa:

 

Quem assina a direção é Sergio Módena, que dirigiu o elogiado 'Ricardo III', "A arte da comédia", do Eduardo Di Filippo, a trilogia musical para crianças e adultos "Sambinha, Bossa Novinha e Forró Miudinho", de Ana Velloso, entre outros. O texto é de Módena ao lado do jornalista e pesquisador musical Rodrigo Faour. Segundo o diretor, a ideia era fazer um show sobre a Bossa Nova que fosse cênico e que contasse a história desse gênero tão brasileiro. "Gosto desse formato bastante informal, onde os cantores são, antes de tudo, contadores de histórias. A Bossa Nova é um estilo livre, descontraído e leve. E são esses aspectos dão o tom do espetáculo. Rodrigo Faour levou seu amplo conhecimento musical para não só construir o repertório, mas também os textos que ligam as canções".

 

A direção musical é de Delia Fischer, que esteve à frente de montagens como 'Beatles num Céu de Diamantes' (2009), 'Milton Nascimento - Nada Será Como Antes' (2012), 'Rock in Rio, o musical' (2012), 'Elis - A Musical' (2013), 'Chacrinha, O Musical' (2014), entre outros. "A nova produção reúne canções que já faziam parte do musical 'Garota de Ipanema', acrescidas de outras tão conhecidas e importantes como, mas que acabaram ficando de fora do outro espetáculo. O espectador terá a oportunidade de fazer uma viagem às décadas de 50 e 60 e se lembrar de músicas marcantes para nossa história", conta Delia. Ainda fazem parte da equipe criativa Roberta Serrado (coreografia), André Cortez (cenário), Kika Lopes (figurino), Carlos Esteves (desenho de som) e Wagner Antonio (Iluminação). 

 

O espetáculo é apresentado pelo Ministério da Cultura e pela Bradesco Seguros, tem patrocínio da Raízen e Riachuelo, apoio da Alelo, Rede D'Or São Luiz, Sem Parar, Odontoprev e Chevrolet Serviços Financeiros, CVC como operadora oficial e Avianca como transportadora oficial.

 

 

Ficha técnica

Texto - Rodrigo Faour e Sergio Módena

Direção - Sergio Módena

Direção musical - Delia Fischer

Coreografia - Roberta Serrado

Cenário - André Cortez

Figurino - Kika Lopes

Desenho de som - Carlos Esteves

Iluminação - Wagner Antonio

 

Elenco:

Andrea Marquee

Ariane Souza

Eduarda Faidini

Fabi Bang

Myra Ruiz

Claudio Lins

Marcelo Varzea

Nicola Lama

Tadeu Freitas

Jhafiny Lima

 

Músicos:

João Taubkin - baixo

Rafael Naine - guitarrista/violonista

Bruno Tessele - bateria

Heberth de Souza – pianista regente

 

SERVIÇO

Estreia: 22 de setembro

Local: Teatro Opus - Shopping Villa Lobos

Endereço: Avenida das Nações Unidas, 4777 - Alto de Pinheiros

Horário: Sexta-feira – 21h30 / Sábado – 21h / Domingo – 20h30

Pelo site: www.ingressorapido.com.br

Preços:

Sexta e domingo: VIP – R$ 140,00 | Plateia – R$ 110,00 | Balcão – R$ 50,00

Sábado: VIP – R$ 160,00 | Plateia – R$ 130,00 | Balcão – R$ 50,00 

Duração: 90 minutos

Classificação etária: Livre

Até 10 de dezembro

 

 

Aventura Entretenimento

Produtora de grandes sucessos musicais, a Aventura Entretenimento está há nove anos no mercado, investindo no crescimento e na modernização do setor. Neste período, os espetáculos criados no país ampliaram sua estrutura, ganharam espaço no mercado e poder de atração entre espectadores e investidores. A empresa dos sócios Aniela Jordan, Fernando Campos, Luiz Calainho e Patrícia Telles é responsável por grandes sucessos como Elis, A MusicalChacrinha, o musicalUm Violinista no TelhadoHairA Noviça RebeldeSete - O MusicalO Mágico de OzRock in Rio - O MusicalSamBraBem Sertanejo, o musical, entre outros, levando mais de 2 milhões de pessoas ao teatro. A empresa também administra o Teatro Riachuelo Rio. 

 

CIRCUITO CULTURAL BRADESCO SEGUROS

www.bradescoseguros.com.br/circuito_cultural

Manter uma política de incentivo à cultura é compromisso permanente do Circuito Cultural Bradesco Seguros. Nos últimos anos, o Grupo Bradesco Seguros orgulha-se de ter patrocinado e apoiado projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas.

Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais “A Família Addams”, “Bibi - Histórias e Canções”, “Cats”, “Chacrinha, O Musical”, “Elis - A Musical”, “Mama Mia”, “Mudança de Hábito”, “O Mágico de Oz”, “O Rei Leão”, “Se eu Fosse você - O Musical”, “Tudo por um PopStar” e “Wicked”, além da “Série Dell'Arte Concertos Internacionais”, o Ballet Kirov, o Museu de Arte Moderna (MAM) e a "Bienal do Livro", no Rio de Janeiro.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.