Segunda-Feira | 21 de Agosto de 2017 | 10h30

Com aula inaugural aberta, IDP-SP lança curso de Ciência de Dados Aplicada ao Direito

A Faculdade de Direito do IDP São Paulo (IDP-SP) abriu inscrições para o curso “Ciência de Dados aplicada ao Direito”, o único no país. O curso terá como tema principal a ampliação do conhecimento sobre técnicas e ferramentas para análise de dados complexos na carreira jurídica.

As aulas serão divididas em oito encontros, com início no dia 28 de agosto, na rua Itapeva, 538 – Bela Vista, São Paulo. O horário de aula será das 19h às 22h30. As inscrições para a primeira aula são gratuitas, mas as vagas são limitadas.

O curso é direcionado para advogados, juízes, promotores, delegados e outros integrantes de carreiras jurídicas, além de profissionais de outras áreas que tenham interesse no assunto. A coordenação das aulas é do professor Alexandre Zavaglia Coelho. O corpo docente conta com nomes como o ministro do STF, Gilmar Mendes; Marcelo Guedes Nunes, presidente da Associação Brasileira de Jurimetria (ABJ) e Carlos Eduardo Sobral, presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal.

“Em todas as áreas do saber e do mercado, a tecnologia tem avançado exponencialmente e trouxe grandes transformações nas organizações, no modo de pensar e no modelo de trabalho das diversas carreiras jurídicas. Assim, o profissional tem que compreender o funcionamento dessas novas tecnologias e o potencial de sua utilização em seu ambiente de trabalho, como um grande diferencial para seu crescimento profissional”, explica o coordenador do curso, Alexandre Zavalglia Coelho.

Clique aqui para conhecer o programa completo e o corpo docente do curso.

Programa:

A ciência de dados aplicada ao direito e o futuro (presente) dos serviços jurídicos – Alexandre Zavaglia Coelho (IDP-SP).

As novas ferramentas tecnológicas e os serviços jurídicos - Graziela Galli (ORACLE).

Jurimetria e realismo jurídico - Marcelo Guedes Nunes (ABJ).

A tecnologia a serviço do Direito – o IBM WATSON  e o BlueMix - Luis Fernando Liguori (IBM).

Estudo de Casos: Finch Soluções - Aplicação prática de inteligência artificial no Direito - Renato Mandaliti (FINCH).

Estudo de Casos: Analise de big data e eleições – ministro Gilmar Ferreira Mendes.

Estudo de casos: A tecnologia a serviço da investigação - Carlos Eduardo Sobral (ADPF). 

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.