Terça-Feira | 25 de Julho de 2017 | 14h42

Justiça Eleitoral estuda reestruturação das zonas eleitorais

O Tribunal Regional Eleitoral segue estudando propostas para atender às disposições da Resolução TSE nº 23.520/2017, que estabeleceu critérios para manutenção de zonas eleitorais em todo o Brasil. Cada tribunal deve encaminhar seu projeto de rezoneamento até meados de agosto para homologação da Corte superior. O Estado de São Paulo tem 425 zonas eleitorais atualmente.

Os estudos objetivam racionalizar os serviços da Justiça Eleitoral segundo as regras do TSE, corrigindo eventuais distorções verificadas na atual distribuição. Assim, até o momento não há informações sobre as mudanças a serem realizadas. Elas serão comunicadas assim que os trabalhos forem concluídos.

No entanto, ressalte-se que o rezoneamento não causará prejuízo ao eleitor. Conforme a necessidade de cada núcleo populacional, serão criados postos de atendimento que poderão coincidir ou não com os atuais cartórios eleitorais. As principais mudanças afetarão apenas rotinas administrativas.

Recentemente, o Conselho Nacional de Justiça não conheceu de pedido para suspender rezoneamento.

Coordenadoria de Comunicação Social
11 3130-2800

Siga nosso twitter oficial @trespjusbr

Curta nossa página oficial no Facebook www.facebook.com/tresp.oficial

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.