Terça-Feira | 18 de Julho de 2017 | 17h49

CARROS SE TRANSFORMAM EM OÁSIS DE CONFORTO

- Pesquisa da Bosch traz a opinião de motoristas sobre direção autônoma

- Quase dois terços dos motoristas utilizariam carro autônomo para viagens de longa distância

- Tecnologia de direção autônoma incentiva consumidores a comprarem um veículo novo

- Condutores preferem relaxar ao volante e usar o tempo livre para conversarem com os passageiros

Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Stuttgart, Alemanha: "Não encoste o carro à frente". "Não dirija tão rápido" ou "você poderia ter passado o semáforo". Os motoristas escutam frases como essas com frequência dos passageiros, mas em breve isso será coisa do passado. A direção autônoma transformará motoristas em passageiros e os carros em motoristas. No futuro, os carros passarão a ser auto pilotados quando o motorista quiser com um simples apertar d e um botão.

De acordo com uma pesquisa realizada recentemente pela Bosch em seis países (Brasil, China, Alemanha, França, Japão e Estados Unidos), os motoristas gostam de ter o controle de seus veículos em engarrafamentos ou em estacionamentos, mas gostariam de ter um carro autônomo em situações de estresse no trânsito. A maioria dos entrevistados também afirmou que aproveitaria o tempo livre durante a condução autônoma para olhar e aproveitar a paisagem (63%) e conversar com os demais passageiros (61%).

Mais conforto e menos estresse

Em alguns anos, os carros autônomos serão mais comuns nas estradas.

Segundo a pesquisa, o principal desejo dos entrevistados é que a direção autônoma traga mais conforto e menos estresse ao volante. O carro do futuro - que poupará os motoristas de realizarem manobras, de acelerar ou frear ¿ é visto como algo especialmente útil em viagens de longas distâncias (67%) e de lazer (61%). A maioria dos entrevistados também es pera um aumento significativo em termos de conveniência (65%) e segurança (60%) em muitas situações cotidianas como, por exemplo, a busca por vagas de estacionamento em centros urbanos. A pesquisa também revelou um ranking interessante das funções mais desejadas em um veículo autônomo: estacionamento (65%), seguido pela busca automatizada por vagas em áreas urbanas (60%) e congestionamento livre de estresse (59%).

Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Usando o tempo livre para relaxar

Relaxar, olhar pela janela e aproveitar a paisagem: é assim que a maioria dos motoristas imagina a direção autônoma comparada à atual e necessária concentração no volante. Dos entrevistados, 63% disseram que gostariam de relaxar enquanto seus carros estivessem no piloto automático, além de terem mais tempo para conversar com os demais passageiros. Mais da metade dos participantes (54%) concorda que as opções oferecidas pelo carro autônomo tornarão o veículo ainda mais atrativo para o consumidor.

A pesquisa a pontou ainda que entre os homens (52%) as novas tecnologias de direção autônoma são pontos decisivos para a aquisição de um novo carro. O estudo mostrou ainda que quanto mais jovem o motorista, maior o interesse em adquirir um carro autônomo.

Design e metodologia da pesquisa

A Bosch entrevistou cerca de seis mil motoristas licenciados no Brasil, China, Alemanha, França, Japão e Estados Unidos. Com base nos critérios definidos pela Bosch e pela empresa Lightspeed Research, responsável pela pesquisa, foram selecionadas cerca de mil pessoas, a partir dos 16 anos de idade, em cada um dos países.

 

 

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.