Quinta-Feira | 13 de Julho de 2017 | 13h49

Bond Girl e Pé de Vento vencem na abertura da HPE 25 na Semana de Vela de Ilhabela

Os 21 barcos da classe disputaram duas regatas nesta quarta-feira (12) em duas raias diferentes devido à mudança de vento

A classe HPE 25 estreou na 44ª Semana de Vela de Ilhabela (SVI) em dois cenários diferentes. A primeira regata, com vento sul, foi disputada no través da Praia de São Francisco, em São Sebastião, com vitória do Bond Girl. A mudança do vento para leste obrigou a Comissão de Regatas a mudar a raia para o norte de Ilhabela, próximo à Ponta das Canas. Uma nova rondada de vento na última perna, levou o Pé de Vento à vitória, mas a liderança após duas regatas é do Aventura 55. O campeonato segue até sábado (15).

A primeira regata começou com vento em torno de 11 nós (20 km/h), mas a intensidade foi caindo ao logo da prova. Bond Girl, Dom e Ginga estiveram quase o tempo todo juntos na raia e essa foi a ordem de chegada dos três primeiros entre 21 barcos. “Foi uma regata bastante tática, com os três barcos mais o Fit to Fly em condições de vencer. Ganhamos no detalhe, porque arriscamos em uma rajada mais à direita no final”, avaliou o timoneiro do Bond Girl, Rique Wanderley, campeão da HPE 25 na SVI de 2012 e 2015.

Na segunda prova, com a raia montada fora do Canal de São Sebastião, súbita mudança de vento na última perna de popa alterou as posições dos barcos. Takra e Ginga, que duelavam pela liderança entraram em um buraco de vento e deixaram a raia livre para Pé de Vento, Monivox e Cabron cruzarem a chegada nas três primeiras colocações, respectivamente. Paguei uma penalidade logo após a largada e estava me recuperando bem, mas no final o vento voltou para sul, uma variação de 90 graus”, contou Wanderley.

Prazer em velejar - O Conquest tem evoluído e vem obtendo resultados relevantes em Ilhabela. Foi o primeiro na categoria Silver no Campeonato Brasileiro e chegou em segundo lugar na Regata Renato Frankenthal no último domingo, considerada um treino para a HPE 25 por não somar pontos para a SVI.  O comandante Marco Hidalgo revelou a estratégia adotada por sua equipe. “Temos quatro objetivos: divertir-nos, divertir-nos, ficarmos entre os dez primeiros e se possível defendermos o título de 2016 na categoria Silver, apesar das velas muito velhas do Conquest”.    

A satisfação de estar a bordo demonstrada pela tripulação do Conquest parece contribuir para o bom desempenho nas últimas competições. “Ficamos surpresos com a segunda colocação na prova de abertura da Semana de Vela. Tivemos paciência e conseguimos andar perto do Breno (Chvaicer, comandante do Ginga, vencedor de domingo e atual campeão da SVI). É preciso encarar a realidade e eliminar a expectativa. Essa é a fórmula da felicidade. Como timoneiro e comandante, quero aprender e me divertir, em plena harmonia a bordo”, estipulou Hidalgo.

Classificação após duas regatas

1 - Aventura 55 (José Vita): 4+5 = 9 pontos perdidos

2 – Pé de Vento (Vasco Simões): 10+1 = 11 pp

3 – Dom (Pedro Lodovici): 2+10= 12 pp

4 - CONQUEST (Marco Hidalgo): 8+4 = 12 pp

5 – Bond Girl (Rique Wanderley): 1+12 = 13 pp

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.