Quarta-Feira | 12 de Julho de 2017 | 17h23

Cia. Meia Um apresenta A Despedida

Cia. Meia Um

Apresenta

 

 

 

 

 

De Hanna Reitsch e Iuri Saraiva

Direção Iuri Saraiva

Com

Nina Dutra, Giulia Nadruz, Mateus Ribeiro,

Rafael Pucca e Bruno Gasparotto

 

Temporada prorrogada no CCC

 

Princesa Isabel e sua irmã Leopoldina se encontram em meio a flores, lembranças, mito e história na primeira montagem da Cia Meia Um

A Despedida procura disseminar a história de relação entre Brasil e Portugal, representada nas figuras das princesas Isabel e Leopoldina e sua relação familiar fraternal. O espetáculo traz todos os questionamentos que envolvem a figura feminina no poder, e a relação de grandes líderes com suas grandes ideias - e o processo de estruturá-las, apresentá-las e implementá-las transformando o mundo ao seu redor.

Questões ainda presentes na atualidade e de grande repercussão em toda organização social. Dessa maneira, a montagem da Cia Meia Um pretende mostrar aos Brasileiros um retrato diferente de um recorte pouco explorado de sua história, buscando a reflexão sobre as relações interculturais, sobre sua própria cultura e suas influências, sobre essa figura feminina tão forte, representativa e transformadora que, mesmo controversa, raramente é pensada com a importância e relevância que lhe são devidas, sobre tudo aquilo que compõe uma nacionalidade e o fato de se sentir parte dela e de sua cultura, sobre os diversos fatores envolvendo um momento histórico decisivo e marcante do Brasil. O tema procura proporcionar ao público maior interação com a própria história do país de uma maneira lúdica, para que se crie empatia com um símbolo nacional não inteiramente valorizado.

Em um plano etéreo e mítico, Isabel de Orleans e Bragança reconcilia-se com sua falecida irmã, Leopoldina de Bragança e Bourbon. O encontro final entre as duas princesas é o ponto de partida do espetáculo. O texto recorre a um conto de Daniel Defoe, “A aparição da senhora Veal”, relato de duas amigas de infância separadas pelas circunstâncias, que se reaproximam em um momento dramático, quando uma delas já está morta. À imagem e semelhança do conto, a princesa Isabel e a irmã mantêm seu diálogo pós-morte. Apesar desse encontro nunca ter de fato acontecido, muitos dos episódios relatados na vida das princesas são baseados em fatos reais, e muitos diálogos foram retirados de documentos históricos. Imersa em flores e fragmentos de cartas, Isabel confrontará suas contradições. Guiada por sua irmã mais nova, visitará momentos emblemáticos de sua vida: a lida com a opinião pública, seu pai, o matrimônio arranjado, o pesadelo político, a gravidez, o aborto, o amor e a desilusão patriótica.

A Cia. Meia Um é um grupo teatral de pesquisa e estudo composto por seis artistas: Carol Lossio, Giulia Nadruz, Graziela Bastos, Iuri Saraiva, Nina Dutra e Matheus Severo. O grupo tem como objetivo o resgate de um estudo de linguagem feito de 2009 a 2011, por um grupo teatral de pesquisa e extensão associado à UnB (Universidade de Brasília), em Brasília, ministrado e dirigido pelo diretor Hugo Rodas (diretor Uruguaio radicado em Brasília desde o final dos anos 70, onde realizou inúmeros trabalhos premiados nacional e internacionalmente), e a partir desse estudo, realizar montagens de trabalhos autorais e colaborativos (incluindo pesquisa e criação de dramaturgia autoral), inéditos e de remontagens na cidade, com possibilidade de turnês por outras cidades. Sendo um grupo jovem, a Cia. Meia Um procura resgatar as raízes do teatro experimental para fundi-las com outras manifestações artísticas, criando, assim, sempre um produto único e sólido composto pelas mais diversas influências. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais da Companhia: instagram @ciameiaum / www.facebook.com/ciameiaum

Ficha Técnica:

Dramaturgia: Hanna Reitsch e Iuri Saraiva

Direção: Iuri Saraiva

Elenco: Nina Dutra, Giulia Nadruz, Mateus Ribeiro, Rafael Pucca e

Bruno Gasparotto

Preparação Corporal: Graziela Bastos

Assistência de Direção: Juliana David e Caroline Lossio

Preparação Vocal: Rafael Villar

Swings: Juliana David e Iuri Saraiva

Músicos: Roman Sielert (Percussão), Gustavo de Oliveira (Violão) e Tiago Maci (violão e bandolino)

Cenário e Figurino: Graziela Bastos

Assistência de Cenário e Figurino: Bruno Gasparotto

Visagismo: Barbara Khalil

Design de Luz: Drika Matheus

Produção Musical: Emir Ruivo

Assistência de Produção: Matheus Severo e Andreza Meddeiros

Operação de Luz: Douglas Amorim

Design Gráfico: Graziela Bastos

Montagem e Aplicação Gráfica: Rafael Pucca

Assessoria de Imprensa: Morente Forte

Direção de Produção: Pilotis Produções Artísticas

Produção Executiva: Giulia Nadruz, Caroline Lossio e Mateus Ribeiro

Realização: Cia. Meia Um

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.