Quarta-Feira | 14 de Junho de 2017 | 18h53

Cel Nivaldo Restivo, Comandante Geral da Polícia Militar, é o convidado do Cartão de Visita

Foto: Edu Enomoto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com uma experiência ampla em atividades operacionais na Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), Nivaldo Restivo, atual comandante da corporação, fala, no programa Cartão de Visita deste sábado (17/06), às 22h45, sobre assuntos como a intervenção da polícia na cracolândia, os confrontos recentes entre policiais e estudantes e define seus homens como cidadãos que garantem os direitos da população.


Após passar por grupos especiais como o Batalhão de Choque, ROTA (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), COE (Comandos e Operações Especiais), GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais) e o Policiamento de Trânsito, Restivo, que comanda hoje quase cem mil homens e mulheres, sorri ao falar sobre sua função.

- É muito gratificante poder contar com esses valorosos homens e mulheres que não tem hora para sair do serviço, que viram a noite defendendo o cidadão comum e rodam o Estado para servir, proteger e ajudar ao próximo. Claro, que em alguns momentos, infelizmente, o confronto é necessário e uma das partes sempre vai se sentir prejudicada. Mas, é importante lembrar que a Polícia Militar não é um órgão repressor. Ela é um dos melhores instrumentos para a garantia do estado democrático de direito.

Ao ser questionado se o Estado de São Paulo é um lugar seguro, Restivo é contundente.



- São Paulo é um Estado seguro. Tanto é que reduz mensalmente os indicadores criminais. Não há outro local no país que faça frente à segurança de São Paulo. Claro que por sua dimensão, parece que tem diversos problemas, mas quando colocamos a média por cem mil habitantes, que é um padrão internacional, temos índices excelentes de segurança.

O Cartão de Visita é transmitido todo sábado, às 22h45, com reprise aos domingos, às 8h. Não perca!


 

comentar

últimos comentarios
Tenho grande orgulho de servir na Polícia Militar do Estado de São Paulo.Conheci o então Tem Nivaldo na Corregedoria da Polícia Militar, e hoje tenho a satisfação de tê-lo como Cor Geral, á PM foi entregue nas mãos de quem tem vasta experiência, e a populaçao5 paulista pode ter certeza que ele fará o que for preciso para manter a ordem na nossa cidade. Parabéns Coronel o senhor merece.

Por: Itamar Rodrigues

De: Sai Paulo SP Data e hora: 16/06/2017 - 18:34:27