Quinta-Feira | 4 de Maio de 2017 | 21h52

Virginia Cavendish produz e atua em Não Vamos Pagar!, texto de Dario Fo com direção de Inez Viana

Comédia conta com Marcello Airoldi, Aramis Trindade, André Dale e Luísa Vianna no elenco.

 Escrita pelo ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 1997, Dario Fo, e sua mulher Franca Rame, a comédia Não Vamos Pagar! faz curta temporada no Teatro Porto Seguro, de 12 a 21 de maio, com sessões às sextas-feiras e aos sábados, às 21h, e domingos, às 19h. O elenco é formado por Virginia Cavendish, idealizadora e produtora do projeto, Marcello AiroldiAndré DaleLuísa Vianna e Aramis Trindade. A tradução é de José Almino e a direção de Inez Viana.

A peça se desenrola a partir de uma reclamação contra a alta de preços num supermercado e desencadeia uma série de situações surpreendentes e inesperadas. Antônia e Margarida são duas donas de casa que têm dificuldade para por as contas em dia ao fim do mês. Antônia acaba de perder o emprego e seu marido, João, trabalha em uma fábrica ameaçada de ser fechada. Em protesto pelo aumento dos preços, um grupo de mulheres decide invadir e saquear um supermercado. Entre elas, Antônia, que a partir disso se envolve em uma sequência de peripécias.

O marido, cheio de valores e princípios éticos, prefere morrer de fome a fazer alguma coisa ilegal – e não faz ideia do que sua mulher tem feito. Somam-se a isso os problemas criados pela amiga Margarida, relutante em ajudá-la, e os vários encontros e incidentes com a polícia.

Dario Fo (1926-2016) e Franca Rame (1929-2013) escreveram essa peça em 1974, no auge de uma crise política, econômica e moral que assolava a Itália. Virginia Cavendish procurava uma comédia para montar, pois não atuava no gênero desde Lisbela e o Prisioneiro, de Osman Lins, montada de 2000, com direção de Guel Arraes. Diante das semelhanças com momento político atual que o Brasil enfrenta, afirmou,  “Encontrei no texto, além de uma grande comédia,  um  assunto que muito me interessa. O espetáculo fala com  muito humor sobre necessidade  do cidadão comum  tomar consciência do mundo em que vive”.

 

A diretora, Inez Viana, completa: “é exatamente o que estamos vivendo hoje no Brasil. Portanto, mais atual, impossível. Mas, apesar do tema ácido e urgente, escreveram também para 5 atores brilharem e se divertirem. E é o que acontece na nossa montagem. Um time de primeira que faz a plateia rir e refletir, da primeira à última fala”, conta.

O espetáculo estreou em 2014, no Rio de Janeiro, e percorreu mais de 22 cidades. De 9 a 18 de maio faz circulação pelas unidades dos CÉUS na capital.

Sobre Dario Fo 

Ator, diretor e dramaturgo italiano (Prêmio Nobel de Literatura em 1997), escreveu mais de 40 espetáculos, encenados em mais de 50 países. Sua obra apresenta um importante e crítico retrato da sociedade contemporânea. Não Vamos Pagar! trata-se de uma comédiaatual e universal. Na última década teve adaptações importantes em países como Alemanha, França, Rússia, China, Índia e Japão.

Sobre Virginia Cavendish

Atriz e produtora, participou de diversas novelas e seriados de televisão, como MandrakeAndando Nas NuvensO Cravo e a RosaAs Filhas da MãeA Grande Família e Malhação. Apresentou na TV o programa sobre cinema TNT+Filme. No teatro trabalhou com diretores renomados como Antunes Filho, João Falcão e Hamilton Vaz Pereira.

Fez, no cinema, filmes de sucesso como O Auto da Compadecida e Lisbela e o Prisioneiro, dirigidos por Guel Arraes, além de Califórnia, direção de Marina Person, Até Que a Casa Caia, direção de Mauro Giuntino. Produziu e protagonizou o longa Através da Sombra, dirigido por Walter Lima Jr. (melhor atriz no Fest Aruanda)

Sobre Inez Viana

Em 2009, fundou a cia de teatro OmondÉ, da qual é diretora e com mais 9 atores realizaram as seguintes peças: As Conchambranças de Quaderna (2009), de Ariano Suassuna, Os Mamutes (2011) de Jô Bilac e Nem Mesmo Todo o Oceano (2013), de Alcione Araújo.

Dirigiu também os espetáculos: Amor Confesso (2011) de Arthur Azevedo, Maravilhoso, de Diogo Liberano (2013), Cock - Briga de Galo, de Mike Bartlett (2014), Meu Passado me Condena, de Tati Bernardi (2014) e O Que Você Vai Ver (2014), livremente inspirado em All That Fall, de Samuel Beckett.  Foi indicada aos prêmios APTR (por As Conchambranças de Quaderna) e Shell (por As Conchambranças de Quaderna e Amor Confesso). Ganhou o Prêmio Contigo (por As Conchambranças de Quaderna) e o Prêmio FITA (por Os Mamutes).

Ficha técnica:

Texto: Dario Fo. Tradução: José Almino. Direção: Inez Viana. Idealização: Virginia Cavendish. Assistente de direção: Luis Antonio Fortes.Elenco: Virginia Cavendish (Antônia), Marcello Airoldi (João),  Luísa Vianna (Margarida), André Dale (Luís) e Aramis Trindade (sargento, capitão e pai). Iluminação: Renato Machado. Cenário: Omar Salomão. Figurino: Juli Videla. Direção musical: Ricco Viana. Operação de som e luz: Giuliano Caratori / Kadu Moratori. Contrarregra e Camareiro: Marcelo Gomes e Cedelir Martinusso. Design gráfico, fotos, websiteOmar SalomãoCenotécnico: André Salles. Assistente de cenografia: Chica Caldas. Assistente de figurino: Alessandra Padilha.Produção executiva: Paulo Ferrer. Assistente de produção: Bruno Fagotti. Estagiária: Barbara Balian. Estruturação de projeto: Cristina Giustino. Direção de produção: Virginia Cavendish. Produção: Casa Forte Produções.

Serviço:

NÃO VAMOS PAGAR! de Dario Fo.

De 12 a 21 de maio - Sextas e sábados, às 21h. Domingos, às 19h.

Classificação: 12 anos.

Duração: 95 minutos.

Gênero: Comédia.

Ingressos: R$ 70,00 plateia / R$ 40,00 balcão e frisas.

TEATRO PORTO SEGURO

Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.

Telefone (11) 3226.7300.

Bilheteria:De terça a sábado, das 13h às 21h e domingos, das 12h às 19h.

Capacidade: 496 lugares.

Formas de pagamento: Todos os cartões de crédito e débito (exceto Cabal, Sorocred e Goodcard).

Acessibilidade:10 lugares para cadeirantes e 5 cadeiras para obesos.

Estacionamento no local: Estapar R$ 20,00 (self parking) - Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto.

Serviço de Vans: TRANSPORTE GRATUITO ESTAÇÃO LUZ – TEATRO PORTO SEGURO – ESTAÇÃO LUZ. O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. COMO PEGAR: Na Estação Luz, na saída Rua José Paulino/Praça da Luz/Pinacoteca, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Para mais informações, contate a equipe do Teatro Porto Seguro.

Bicicletário – grátis.

Gemma Restaurante:Terças a sextas-feiras das 10h às 19h; sábados das 10 às 18h e domingos das 10h às 16h. Happy hour quartas, quintas e sextas-feiras até 21h.

Vendaswww.ingressorapido.com.br

Sitehttp://www.teatroportoseguro.com.br

Facebookfacebook.com/teatroporto

Instagram: @teatroporto

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.