Quarta-Feira | 26 de Abril de 2017 | 12h49

Eleitor que faltou em três eleições tem menos de uma semana para evitar o cancelamento do título

O eleitor que faltou nas últimas três eleições e que não justificou a ausência deve regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral até a próxima terça-feira (2 de maio). Após essa data, os títulos de eleitores nessa condição serão cancelados.

O Estado de São Paulo, que somava 529.818 títulos sujeitos ao cancelamento, teve apenas 2,4% (12.726) desse total regularizado até o momento. Na capital, onde pouco mais de três mil eleitores quitaram suas pendências com a Justiça Eleitoral, o percentual é quase o mesmo.

Só devem obedecer o prazo de 2 de maio os eleitores que não votaram nem justificaram a ausência em três eleições consecutivas, sendo que cada turno é considerado uma eleição. Para os demais casos, como, por exemplo, o eleitor que não votou em um ou dois turnos, ou mesmo três turnos intercalados, não há data-limite para a regularização.

Regularização

Para evitar o cancelamento, o eleitor deve agendar atendimento no site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) e então comparecer ao cartório eleitoral portando documento oficial, comprovante de residência e, se possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.