Quarta-Feira | 26 de Abril de 2017 | 12h4

Dramaturgo cria peça teatral que denuncia crimes de ódio e intolerância

 

O dramaturgo Sídney Bretanha, nacionalmente conhecido por sempre trabalhar com temas inquietantes como AIDS e Câncer e que já representou o Brasil em festivais internacionais de teatro e em ações sociais desenvolvidas em países africanos, estreará em 08 de abril, no Teatro Augusta, um projeto de mais de seis anos: a peça teatral M.E.D.O, que denuncia crimes de ódio e intolerância.

A peça M.E.D.O é um espetáculo teatral onde três homens desvendarão a si mesmos diante da plateia, mostrando o que há de melhor e pior em nós, seres humanos. O texto delicado e incômodo e cenários que remetem a ambientes de tortura, farão com que o público se sinta parceiro do próprio fanático ou dos personagens torturados. “De maneira metafórica, o objetivo da peça é levantar um espelho à frente de cada espectador”, explica Bretanha.

Através de uma encenação forte e violenta, a peça fala de temas como homofobia, intolerância religiosa, machismo, misoginia, fé e amor. Em sua pré-estreia nacional realizada no dia 01 de abril em Taubaté, um público de 877 compartilhou a emoção e as dores de um espetáculo comovente e atual.

Na Sala Experimental do Teatro Augusta, o público vivenciará a intensidade do trabalho preciso que teve a direção de Renato Scarpin, em um espaço reduzido (somente 50 pessoas por sessão) que potencializará as sensações vividas pelo elenco numa catarse que mistura drama, suspense e relacionamentos.

Bretanha também aguarda autorização do Programa de Ação Cultural (ProAC), da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, para captar parte da verba prevista para a peça em troca de incentivo fiscal para aqueles que desejarem patrocinar o projeto.

Peça teatral ‘M.E.D.O’

Elenco: Fernando Interlandi, Sídney Bretanha e Willian Mello

Direção: Renato Scarpin

Texto: Sídney Bretanha

Trilha Sonora: Alexandre Zanini

Cenário: Daniel Staut

Luz: Vanderlei Conte

Fotos:  Monicuee Alvez

Arte: Nando Rodriguez

Classificação indicativa: 16 anos

Estreia: 8/4/17, em São Paulo-SP, Sala Experimental do Teatro Augusta, às 21 horas (sábados) e 19 horas (domingos). De 08 à 30 de abril.  Somente 50 pessoas por sessão.

Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia entrada).

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.