Sexta-Feira | 7 de Abril de 2017 | 23h33

Mercado de estética cresce junto com as mulheres

O aumento da participação feminina no mercado de trabalho é um movimento cada vez maior no Brasil. A contribuição feminina no mercado de trabalho vem em crescente nos últimos 50 anos. Segundo levantamento do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Cadeg) divulgados em 2017, as mulheres representas 44% das vagas no mercado de trabalho formal.

Acompanhando essa curva crescente da participação feminina no mercado, está o crescimento do ramo específico dos produtos estéticos e seus procedimentos. E são justamente as mulheres que puxam o segmento de estética para cima no número de vendas e realização de procedimentos. Cada vez mais as mulheres buscam uma adequação estética ao seu corpo, seja uma cirurgia plástica ou simplesmente a rotina de fazer manicure e pedicure toda semana.

A Criolipólise Brasil foi pioneira na locação de equipamentos de criolipólise no estado de São Paulo

 

Para Valter Camello Junior, consultor e diretor da Criolipólise Brasil, o crescimento do mercado de estética deve muito ao aumento do poder de compra feminino nas últimas décadas. “O mercado depende muito do consumo feminino. São elas que puxam as vendas e que exigem das empresas uma melhor abordagem com a clientela. O crescimento do poder de compra feminino foi e ainda é essencial para que o segmento da estética dentro da economia possa seguir em alta e crescendo”.

O grande avanço do mercado estético é em decorrência do consumo feminino. Segundo pesquisa realizada pelo instituto Sophia Minds, mulheres das classes A e B gastam em média R$ 117,00 por mês com beleza e estética. Já as consumidoras das classes C e D injetam em média R$ 69,00 nesse ramo.

Valter Camello Junior

“Por mais que os homens estejam cada dia mais preocupados com a aparência, são as mulheres que movem, alimentam e exigem cada vez mais do mercado. A mulher é muito mais perceptiva aos detalhes e isso fez com que as empresas ou as clínicas de estética aprimorassem os produtos e o atendimento”, concluí Valter

João Bosco, diretor da Rede NewFace Ribeirão Preto, concorda com Valter, “A mulher moderna está antenada às tendências da saúde, beleza e estética, não se importando , muitas vezes, em pagar mais por um serviço de qualidade.”

João Bosco

“A Rede NewFace se preocupa em aliar preço e qualidade para cativar sua clientela, para isso propomos treinamento constantes da equipe e com 6 lojas consigo garantir bons preços na compra de produtos, repassando isso ao cliente final.” Afirma João

 

 

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.