Sábado | 18 de Março de 2017 | 19h18

Festival Bom de Nota, Bom de Dança reuniu alunos e convidados na última terça-feira, em Mococa

Aconteceu na última terça-feira (14) o festival “Bom de Nota, Bom de Dança” no Ginásio de Esportes Luiz Amato – São Clarão, em Mococa. A cerimônia, promovida pela mantenedora do projeto, a Associação Pró-Esporte e Cultura (APEC), reuniu autoridades do município e também pais e convidados dos 200 alunos atendidos na cidade.

 

O “Bom de Nota, Bom de Dança” oferece aulas de balé, danças urbanas e capoeira de forma gratuita para meninos e meninas, matriculados na rede pública de ensino de Mococa e Cajuru. As atividades começaram em novembro do ano passado e ao todo 240 alunos são atendidos em ambos os municípios.

“A ideia do projeto é dar a esses alunos uma nova perspectiva de mundo, através do acesso ao esporte e a cultura. Essa é a nossa missão, colocar a dança como ferramenta transformadora e estimular as crianças a serem melhores a cada dia”, afirmou Oswaldo Trintim Junior, presidente da Associação Pró-Esporte e Cultura (APEC).

 

Para o festival os alunos prepararam apresentações das modalidades oferecidas, foram duas turmas de balé, uma de danças urbanas e muita emoção nas arquibancadas do Ginásio. A cada passo das crianças, o São Clarão se iluminava com flashs e se enchia de sorrisos vindos de pais e mães orgulhosos.

Estiveram presentes no evento autoridades do município de Mococa, a prefeita em exercício Elisangêla Maziero, a diretora do Departamento de Cultura Cida Cilli e o diretor do departamento de Esportes José Roberto Ulian. Foram convidadas também a coordenadora da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) do munícipio, Luciana Maia, e também Priscila Tangerin, representante da escola Nancy de Rezende Zamarian.

 

“Iniciativas como essa são muito positivas para o município e, principalmente, para nossas crianças. Somos sortudos por ter um projeto tão bem estruturado atendendo nossa cidade e dando tantas oportunidades a esses alunos”, destacou a prefeita.

Durante sua fala o presidente da APEC ainda lembrou o ator e humorista Rogério Cardoso. Natural de Mococa, o artista foi um dos compositores da música “Pequeno Mundo”, citada por Osvaldo em seu discurso. “Crianças, nunca se esqueçam de que vocês podem e devem fazer a diferença. Como diz a música, ‘há um mundo bem melhor, todo feito pra você’, e esse mundo é de todos vocês”, finalizou Osvaldo.

Iniciada às 18h30, a cerimônia seguiu até aproximadamente 19h30 quando, por conta de uma tempestade, o ginásio ficou sem energia e a solenidade precisou ser suspensa. Mesmo com a interrupção, os alunos da turma de capoeira, que ainda não haviam se apresentado, seguiram animados. A turma se reuniu numa das salas do complexo e, à luz de lanternas, fez sua própria cerimônia para os presentes.

O projeto “Bom de Nota, Bom de Dança” de Mococa é patrocinado pela Suporte Rei e apoiado pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, o ProAC-ICMS.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.