Terça-Feira | 7 de Fevereiro de 2017 | 22h36

Regina Duarte estrela a novela das 22h e encerra o ciclo de namoradinha do Brasil

Disposta a desfazer de vez a sua imagem de “namoradinha do Brasil”, Regina Duarte em 1977 aceitou o desafio de interpretar uma professora de idéias liberais em um colégio moralista e muito tradicional, em plena década de 20. Essa era Nina, a principal personagem da novela do mesmo nome escrita por Wálter George Durst.

Nina” estreou em 27 de junho de 1977 no horário das 22 horas, na TV Globo, e foi um divisor de águas na carreira da grande estrela, que a partir desse trabalho passou a receber sempre personagens mais sérios e intensos.

O galã de Regina Duarte em “Nina” foi Antonio Fagundes, em sua segunda novela na emissora, que vivia Bruno, um imigrante italiano que se envolve com Nina e também com a ricaça Arlete, interpretada por Rosamaria Murtinho.

Com direção de Wálter Avancini e Fábio Sabag, a novela teve uma perfeita reconstituição de época, se passava a partir de 1926, e ficou quase sete meses no ar, embora não tenha registrado os mesmos índices de audiência de suas antecessoras no horário. A grande indagação por não ter feito o sucesso que se esperava talvez tenha como resposta que o público não aceitou de primeira a “transformação” de Regina Duarte na TV.

A atriz se entregou de corpo e alma ao personagem, que passava a maior parte do tempo se contrapondo aos personagens conservadores da cidade e do colégio e defendendo uma menina que havia sido rejeitada pela direção da escola, com pouco tempo para cuidar da sua vida pessoal.

O público se queixou da falta de mais ações e envolvimentos românticos na história, e a partir de um determinado momento da trama, por volta do capítulo 70, um crime no colégio mudou o rumo da novela e dos personagens principais, mas não foi capaz de melhorar os índices de audiência esperados.

A novela também foi considerada muito avançada para a época pela Censura Federal, que acabou exigindo alguns cortes em cenas ou nos textos, prejudicando ainda mais o bom andamento da história.

Nina” marcou também a estréia de Fábio Junior como ator vivendo o papel de Alvinho, ao lado de um elenco que incluía ainda Mário Lago, Maria Fernanda, Marcos Paulo, Osmar Prado, Maria Cláudia, Ary Fontoura, Lúcia Alves, Elza Gomes, Regina Viana, Brandão Filho, a então menina Isabela Garcia, Mário Cardoso, José Lewgoy, Kátia D’Angelo, Aracy Cardoso, Sonia Oiticica, José Augusto Branco, Sonia Regina, Carlos Gregório, Norma Suely, Lauro Góes, Ana Maria Nascimento e Silva, Paulo Ramos, Maria Pompeu, Marília Barbosa, Paulo Gonçalves, Vanicio Melo, Maria Helena Velasco, Maria Zilda, Fernando José, Rosita Thomaz Lopes e Telmo de Avelar.  

Foto 1 -  Várias imagens da novela de Wálter George Durst para o horário das 22 horas

Foto 2 -  Regina Duarte vivia um papel diferente dos anteriores: uma professora de ideias liberais

Foto 3 -  Antonio Fagundes e Mário Lago tinham papéis de destaque na trama

Foto 4 - Mário Cardoso, Osmar Prado e Marcos Paulo no elenco da novela das 22 horas

Foto 5 -  Com sua Nina, a atriz encerrou o ciclo de namoradinha do Brasil

Foto 6 - Antonio Fagundes vivia um imigrante italiano que se envolvia com Nina

Foto 7 -  Rosamaria Murtinho disputava o amor do imigrante italiano com Regina Duarte

Foto 8 -  Maria Fernanda era outra presença de destaque no elenco da novela "Nina"
 
comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.