Segunda-Feira | 6 de Fevereiro de 2017 | 20h4

Dicas de saúde para curtir o Carnaval

 

Algumas medidas podem ajudar a passar os dias de folia sem preocupações 

Mal-estar, desidratação, dor de cabeça, enjoos e até mesmo insolação são alguns dos sintomas dos foliões que exageram na curtição e se esquecem de se preparar para o Carnaval. A época, que para alguns se torna verdadeira maratona de bloquinhos, desfiles, micaretas e festas, pode ser desgastante, no entanto, algumas dicas básicas podem ajudar a passar os dias de curtição sem se preocupar:

 

Cuidado com o sol

A temperatura durante o Carnaval costuma ser quente em praticamente todo o país. Longos períodos de exposição ao sol podem causar danos e queimaduras na pele. O ideal é passar protetores solares de preferência com FPS 30, 50 e até mesmo 70 – em peles muito claras – a cada 2h. É uma medida simples que pode impedir que a folia acabe mais cedo por conta de insolação ou queimaduras.

Hidratação

Beber água é regra básica para curtir os longos períodos festivos, ainda mais por ser época de muito calor que causa transpiração maior no corpo. Ter uma garrafinha de água por perto pode evitar enjoos, dor de cabeça e fraqueza, alguns dos sintomas de desidratação. A água se intercalada com bebidas alcóolicas também pode evitar sintomas de ressaca no dia seguinte. Outro bom conselho é consumir isotônicos, para repor os sais minerais perdidos ou água de coco, rica em potássio;

Alimentação

Pular o Carnaval com a barriga cheia de alimentos gordurosos, frituras, carne vermelha ou outros alimentos pesados pode arruinar um dia inteiro.  Esses alimentos podem causar indigestão, vômitos e desconfortos. Prefira alimentação leve como frutas, barrinhas de cereais, sucos e saladas - com proteínas leves como peito de peru ou frango, que darão energia para curtir sem interrupções.

Proteja-se

Por ser um período festivo, é natural que os solteiros aproveitem a pegação. A regra para se divertir sem se preocupar com doenças ou acidentes é não esquecer o preservativo.

Dia seguinte

Se exagerar ou esquecer de se preparar, o dia seguinte pode ser ruim com enjoos, dor de cabeça, fraqueza, tonturas. São sinais de que o organismo precisa de um tempo para se recuperar. A dica é se hidratar bastante, dormir por pelo menos 8h e repor as energias com alimentação rica em proteínas e carboidratos. Assim, o corpo tende a se recuperar e é possível aproveitar o restante do Carnaval.

 

 

 

Crédito: Engov

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.