Domingo | 8 de Janeiro de 2017 | 21h0

Redução de mama

Foto Dr. Daniel Rufatto 

 

Também conhecido como mamoplastia redutora, o procedimento consiste em diminuir o tamanho e melhorar a forma dos seios.

 

Embora os seios grandes estejam na moda, as pessoas que sofrem de hipertrofia mamária (tem seios maiores do que o normal) também não estão satisfeitas com sua aparência. Afinal, sofrem constantes problemas de coluna e, não raro, sentem-se constrangidas até em usar biquínis ou blusas justas que exponham essa parte do corpo. 

 

A Mamoplastia Redutora é uma cirurgia muito procurada pelas mulheres, contrariando a ideia de que apenas quem coloca prótese de silicone nos seios possa realizar uma cirurgia plástica.

O Cirurgião plástico Dr. Daniel Rufatto, explica que as mamas  tem o volume reduzido através da cirurgia. Além disso, sua consistência e forma também são melhoradas mantendo um equilíbrio de proporções entre o volume das mamas e o tamanho do tórax. Claro que dentro das possibilidades que a mama original nos permita planejar sem comprometê-la futuramente.  Melhorando o aspecto quanto à flacidez e a forma da mama original. Assim é obtida maior harmonia estética

O procedimento deve ser sempre realizado em hospitais, sob anestesia geral ou Peridural e dura em média 4 horas, ficando o paciente internado por um período de 24 horas e apresentando um tempo de aproximadamente 21 dias. 

Foto 2

As novas mamas passam por vários períodos evolutivos durante o processo de cicatrização que dura até 18 meses.  Períodos em que a mama atinge seu aspecto definitivo (cicatriz, forma, consistência, volume, sensibilidade). Tendo grande importância, no prognóstico do resultado final, o grau de elasticidade da pele das mamas bem como o volume conseguido. O equilíbrio entre ambos varia de caso a caso. Finaliza Daniel Ruffato Cirurgião Plástico.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.