Quinta-Feira | 15 de Dezembro de 2016 | 20h35

Em entrevista exclusiva, Neymar fala sobre a carreira e avisa que não vai mudar seu estilo por causa

São Paulo, 15 de dezembro de 2016 – Um craque acostumado a comentários positivos e depreciativos, tanto por seu estilo dentro como fora de campo. Este é Neymar, jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira, entrevistado com exclusividade, para a CNN International. Esta é sua a segunda entrevista exclusiva para o canal, que também exibiu uma conversa com Neymar sobre quem ele escolheria para criar seu jogador perfeito. Ambas iniciativas fazem parte da estratégia de lançamento da nova plataforma interativa da CNN, “Ultimate Player”, onde os fãs de futebol podem “construir” seu jogador perfeito usando as melhores características dos nove maiores talentos mundiais do esporte.

Durante a entrevista, Neymar se mostra acostumado com as frequentes alfinetadas e despreocupado com o que acham de seu estilo. O craque diz que não mudará seu estilo “por causa de críticas, porque não gostam ou porque não conseguem fazer o que eu faço”.

Ao falar sobre sua relação com o Lionel Messi, estrela do Barcelona e da Seleção Argentina, Neymar revela que ele o ajudou em um momento difícil na carreira, quando havia acabado de se transferir para o clube catalão. “Ele viu que estava triste, com a cabeça baixa, que as coisas não davam certo pra mim e me disse para relaxar, seguir em frente”.

O craque ainda deixa Cristiano Ronaldo de fora do seu time ao escolher outro jogador do Real Madrid para jogar junto com ele no Barcelona, conta quais são seus jogadores preferidos, e comenta sua participação no trio MSN, junto com Messi e Suarez, ao falar que estão fazendo história no clube e espera seguir assim por muitos anos. A entrevista com Neymar foi gravada antes de Cristiano Ronaldo ganhar seu quarto troféu “Bola de Ouro” em 12 de dezembro.

A entrevista com Neymar vai ao ar hoje, 20h30, na edição do programa World Sport, na CNN International. A primeira conversa do craque está disponível no site da 
CNN.com. E, para os interessados em saber mais sobre o “Ultimate Player”, basta acessar: http://cnn.it/2gpiaLq.

 

*Horário de Brasília. Programação sujeita a alterações sem aviso prévio.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.