Viver - Beleza

Yanka Araújo

4 de Janeiro de 2017

Aos 19 anos a modelo de Brasília, hoje vive em São Paulo e com pouco mais de 1 ano de carreira, conta como foi descoberta e tem surpreendido. Uma verdadeira estrela em ascensão.

"Comecei na carreira de modelo em 2015 no dia 10/09 exatamente no dia do meu aniversário. Tinha acabado de sair do meu antigo trabalho e queria muito tentar e todos diziam que tinha um perfil bom, era o que eu sempre quis fazer... peguei o dinheiro da minha rescisão e paguei meu primeiro book! (risos)


Nesse tempo como modelo, teve alguns trabalhos que se tornaram especiais, conte-nos um pouco:

O trabalho que mais me marcou foi um desfile que fiz para marca "Cemfreio" na casa de criadores.  Além de mostrar suas peças eles falavam sobre o fim do preconceito dentro da moda. A forma deles tentarem incluir os negros nas passarelas sempre, me marcou!

 

Qual a maior dificuldade que encontra como modelo?

A maior dificuldade da profissão é estar longe da família, sinto muita saudades de todos. Outro ponto que vivo em atenção é com a boa forma, mas isso é ótimo, cuido não só da aparência, mas da saúde.

 

Qual seu maior sonho?

Meu maior sonho é crescer dentro da minha profissão e a partir disso poder ajudar os que mais precisam como idosos e crianças carentes, dependentes químicos, animais abandonados, etc.

 

Muitas meninas seguem você e já se inspiram em tudo que faz, qual mensagem deixa para elas?

Para aquelas meninas que tem o mesmo sonho que eu, posso dizer que só basta você acreditar, você pode tudo que quiser.  E mesmo que você não se encontre como modelo, não desista, sempre existirá um caminho, por isso siga em frente e faça o seu melhor em tudo o que for fazer. 

 

Quero que 2017 seja um ano cheio de coisas boas . viagens, amores, boas ações, saúde, política estável, felicidade para todos!

Comentários
Programa Compartilha Brasil