Quarta-Feira | 21 de Dezembro de 2016 | 11h57

Jayme de Oliveira assume a presidência da Associação dos Magistrados Brasileiros

João Ricardo dos Santos Costa, juiz ex presidente da AMB; Zacarias Pagnanelli; Jayme de Oliveira Neto, juiz empossado para o triênio 2017-2019 e Des. Paulo Dimas De Bellia Mascaretti, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo

Foto: Henrique Mazeo

 

O juiz Jayme Martins de Oliveira tomou posse nesta quinta-feira (15) como presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). A cerimônia, ocorrida em Brasília e transmitida ao vivo no site e nas redes sociais da entidade, contou com as presenças de autoridades dos três Poderes, entre elas o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, a ministra do STF Rosa Weber, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luis Felipe Salomão, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, o corregedor-nacional de Justiça, ministro João Otávio Noronha, a senadora Ana Amélia Lemos, o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), Paulo Dimas, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, e o desembargador Roberval Casemiro Belinati, que presidiu a comissão eleitoral da AMB.

Em seu discurso de posse, Jayme de Oliveira saudou João Ricardo Costa, presidente do triênio 2014/2016, e os demais funcionários e diretores magistrados da associação. "Cada presidente é o presidente do seu tempo. Os tempos mudam e a AMB também. Mas mudamos com respeito ao nosso passado e aos que construíram a AMB que hoje assumimos, porque aqui sonhamos o mesmo sonho, desejamos igualmente o engrandecimento do Judiciário e o progresso da nação”, afirmou o presidente eleito. 

Antes de transmitir o cargo, João Ricardo fez um balanço de sua gestão ao longo dos três anos à frente da entidade, destacando a conquista da confiança da magistratura brasileira. "Passamos por um processo democrático na AMB. A presença nas urnas de 11 mil associados é muito significativa. A partir de agora, somos todos AMB", concluiu.

O ministro Lewandowski, que também fez uso da palavra, enfatizou o desempenho da gestão anterior e destacou a capacidade de articulação do novo presidente. "Testemunho o trabalho importante que João Ricardo fez ao longo de sua gestão. Jayme é o futuro, é uma grande promessa", disse. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, destacou a importância da magistratura no momento de crise pela qual o País passa. "O Brasil precisa de um Poder Judiciário forte. Tenho certeza de que não faltará nenhum apoio ao Judiciário nesses momentos difíceis que estamos enfrentando", ressaltou.

Jayme de Oliveira, juntamente com os integrantes dos Conselhos Executivo e Fiscal, estará à frente da AMB no triênio 2017/2019.

O empresário Mário Perussi; Alexandre de Moraes, Ministro da Justiça e Zacarias Pagnanelli
Foto: Albery Santini
comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.