Quarta-Feira | 14 de Dezembro de 2016 | 15h48

Sigbol Fashion aposta em modelo de microfranquia

A rede já registra no segundo semestre de 2016 um crescimento de 20% no número de alunos em suas unidades

Aluizio de Freitas, diretor da Sigbol Fashion 

 

O mercado de franquias se consolida cada vez mais como opção para quem quer ter o próprio negócio, principalmente no setor educacional. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as redes de educação e treinamento tiveram um crescimento de 4% no terceiro trimestre deste ano ante o mesmo período de 2015. Aproveitando o bom momento para o setor, a Sigbol Fashion – rede de franquia especializada em cursos profissionalizantes de confecção e moda – decidiu desenvolver um modelo de microfranquia, com investimento inicial de R$ 80 mil e prazo de retorno estimado entre 9 e 18 meses, para viabilizar cada vez mais seu crescimento fora dos grandes centros.

De acordo com o diretor da rede, Aluizio de Freitas, as regiões do interior, principalmente em São Paulo, são um mercado potencial para a expansão da rede, em função do crescimento na procura por cursos profissionalizantes. O objetivo é aproveitar as oportunidades das cidades menores para aumentar sua capilaridade e ampliar seu modelo tradicional de ensino, que se destaca no mercado há mais de 40 anos. “O setor da moda vem crescendo no Brasil nos últimos 20 anos e o corte e costura é um tema que continua em alta, tanto para quem busca ter como profissão criar, confeccionar e vender roupas, empreendendo no próprio negócio, quanto por aqueles que buscam ingressar ou especializar-se no mercado de trabalho ou ainda ter um hobby interessante, isso é um fator que contribui muito para o crescimento do nosso negócio”, afirma Freitas.

O foco principal da expansão da rede de cursos profissionalizantes em São Paulo está voltado para o interior do estado, contemplando municípios com mais de 150 mil habitantes, por exemplo, municípios como Santos, São Vicente, Piracicaba, Bauru, Americana, Ribeirão Preto, São Carlos e Limeira. A expectativa é a de abrir, pelo menos, uma escola em cada uma dessas regiões ainda neste ano, aproveitando as oportunidades oferecidas pelas cidades. “Geralmente, os empreendedores locais conhecem bem a região, o público e seus hábitos de compra, além do local mais adequado para montar o negócio, tudo isso torna nossa expansão mais efetiva e eficaz para atender as necessidades dos alunos”, ressalta o diretor da Sigbol Fashion.

Com 18 unidades em operação, a rede já registra no segundo semestre de 2016 um crescimento de 20% no número de alunos nas suas unidades, em seus cursos voltados para o segmento de confecção e moda, com destaque para os cursos de corte e costura sob medida ou industrial, de desenho de moda e também de moda pet. A empresa já formou mais de 100 mil alunos, sendo 70% deles pessoas interessadas na formação com foco em objetivos profissionais. Além disso, a companhia pretende manter seu ritmo de crescimento e ampliar sua presença no Brasil, e chegar ao faturamento de R$ 10 milhões até o final desse ano.

Sobre a Sigbol Fashion

Desde a década de 60, o método Sigbol de traçado de bases vem sendo considerado inovador e revolucionário. Criado a partir de uma simples ideia de uma estilista italiana, o "Siga as bolinhas e seu molde base estará pronto", o método deu origem à primeira unidade da escola no Brasil, em 1982. A Sigbol cresceu e ampliou sua área de atuação acompanhando o mercado da moda brasileira e passou a oferecer um extenso programa de cursos que privilegia o ingresso no mercado de trabalho. A escola de moda prepara as pessoas em várias etapas do processo, desde a criação, produção e venda. Mais informações em www.sigbol.com.br.

 

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.