Sexta-Feira | 25 de Novembro de 2016 | 17h32

Promotor Marcelo Luiz Barone

A solução para o estado em que o Brasil se encontra necessita da aplicação de leis mais severas para acabar com benefícios absurdos e um judiciário mais severo pois, atualmente, nossa legislação permite muitas brechas ao juiz, declarou o Promotor criminal do Ministério Público do Estado de São Paulo, Marcelo Luiz Barone na gravação do Cartão de Visita.

O jornalista Zacarias Pagnanelli esteve com o promotor no dia da gravação
Crédito: Karina Lajusticia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- Não existe fiscalização de regime aberto. O Brasil é um paraíso de criminosos, qualquer pessoa que cometa um crime fora do Brasil foge para cá, porque sabe que aqui há impunidade.

Segundo Barone, em uma mesma Comarca, há juízes extremamente liberais e outros extremamente rigorosos, há os que absolvem os criminosos reconhecidos pela vítima e os que condenam os que não foram reconhecidos.

- Não há cabimento que tenhamos essa distorção, tínhamos que ter um sistema em que se controla a aplicação da lei para que todas a utilizem corretamente. Não podemos ter loteria dentro da Justiça.

Como Promotor de Justiça, Barone sempre atuou na área criminal, principalmente no combate ao tráfico de drogas. Antes de ser promotor, foi delegado de polícia do DHPP.

 

comentar

últimos comentarios
Vi sua entrevista no -CARTÃO DE VISITA-concordei plenamente com tudo. Tenho convicção de mais um ASSUNTO importante a ser tratado co urgência -A EDUCAÇÃO Q. COMEÇA 9 MESES ANTES DE NASCER E SE CONFIRMA TODOS OS DIAS ,COMEÇANDO EM CASA..Tenho um plano ( OS DEZ MANDAMENTOS PARA DIMINUIR A VIOLÊNCIA E PRESERVAR O MEIO AMBIENTE.Ele envolve todas as classes sociais e é um meio prático para recuperar a pessoa e integrá-la à sociedade.Como é um trabalho de todos ninguém está disposto a iniciar. Gostaria de ler? Agradeço

Por: Anir Dalmora

De: Navegantes - s.c. Data e hora: 04/12/2016 - 17:18:35