Sábado | 15 de Outubro de 2016 | 12h55

PRÊMIOS EM DOSE TRIPLA PARA LINHA RESERVA 51

 

Cachaças premium são premiadas em versão brasileira de concurso de destilados

 

São Roque recebeu recentemente o Concurso Mundial de Bruxelas, uma das mais importantes competições de vinhos e destilados do mundo. Em sua 14ª edição, a edição Brasil do concurso condecorou, mais uma vez, medalhas para as cachaças premium da linha Reserva 51 da Cia Müller de Bebidas, a maior e mais importante produtora de cachaça do mundo.

Sendo ainda mais reconhecida mundialmente pela sua alta qualidade, a Cia Müller ganhou três medalhas, sendo Medalha de Prata para a recém-lançada Reserva 51 Rara, uma cachaça envelhecida de quatro a cinco anos em barris de carvalho americano e finalizada em barris de vinho da melhor qualidade da América do Sul; Medalha de Ouro para a ‘tradicional’ Reserva 51 Única, envelhecida por cinco anos em barris de carvalho americano utilizados para o envelhecimento de uísque Bourbon, proporcionando uma bebida com sabor aveludado e refinado; e ainda, antes mesmo de ser lançada, a Reserva 51 Carvalho Americano, uma bebida extra premium que virá com tiragem limitada, com Medalha de Duplo Ouro, a mais alta premiação do Concurso.

Para Rodrigo Maia, diretor de Marketing da Cia Müller de Bebidas, os prêmios de um concurso reconhecido mundialmente demonstram a consistência da alta qualidade da linha Reserva 51 como um todo.  “A marca 51 está presente em mais de 50 países de todos os continentes e, por conta disso, também, prezamos em oferecer alta qualidade em nossos produtos. O reconhecimento do Concurso Mundial de Bruxelas é um orgulho para toda a companhia”, comemora Rodrigo Maia.

Realizada anualmente, a 14ª edição do Concurso Mundial de Bruxelas foi disputada por mais de 50 vinícolas e 82 destilarias. Seguindo criteriosos padrões internacionais para avaliação de bebidas da categoria, a escolha dos melhores destilados aconteceu em três dias de análise sensorial às cegas, compostas por um júri de 15 renomados especialistas de seis países, entre eles jornalistas, enófilos e sommeliers. Pelo regulamento da OIV, Organização Internacional de Vinha e do Vinho, é premiada 30% das amostras participantes. O concurso, que recebeu a inscrição de 402 amostras de bebidas, tem como objetivo avaliar a produção brasileira de vinhos e destilados e promover o setor mundo a fora.

A Reserva 51 é um produto reconhecido mundialmente pelas medalhas já conquistadas, como a Medalha de Ouro noConcours Mondial de Bruxelles 2014 Spirits Selection e medalha de prata no mesmo concurso Edição Brasil 2015, um concurso de destilados, onde mais de 200 marcas de cachaça concorriam ao prêmio de melhor cachaça, além da medalha de prata no International Wine & Spirit Competition. No Brasil, a Reserva 51 foi eleita a quinta melhor cachaça do Brasil no 2º Ranking da Cúpula da Cachaça e do Caderno Paladar do jornal O Estado de S.Paulo, em 2016.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.